Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 22/01/2016 07:00 - Atualizada em: 22/01/2016 14:09
Vereadores de Ijaci acatam denúncia e decidem instaurar CPI contra prefeito
Os vereadores acataram o pedido do promotor Eduardo de Paula Machado

A reunião foi realizada na Câmara Municipal de Ijaci, ela foi tensa e contou com a presença de moradores da cidade (Foto extraída do site da Câmara de Ijaci)

 

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A Câmara Municipal de Ijaci se reuniu na noite desta quinta-feira, dia 21, em sessão extraordinária para votar o relatório que analisou e ouviu o envolvido e testemunhas no pedido de cassação de mandato do prefeito José Maria Nunes.

O pedido de cassação foi feito pelo promotor Eduardo de Paula Machado, em dezembro do ano passado, baseado em denúncias de que o prefeito estaria usando veículos da prefeitura em benefício próprio. A Câmara Municipal daquela cidade acatou e abriu uma comissão processante para apurar as possíveis irregularidades.

O relatório apresentado na Câmara Municipal na noite desta quinta-feira foi elaborado pelos três vereadores que compõem a comissão e dois deles assinaram pelo arquivamento do relatório e um pela continuidade e abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

O relatório foi votado numa reunião tensa e com a presença da população. Em Ijaci são 9 vereadores, desses, seis votaram pela abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), dois pelo arquivamento das denúncias e o presidente se absteve de votar.

Agora os vereadores vão pedir o afastamento do prefeito José Maria Nunes do cargo até que seja concluído o trabalho da CPI, o pedido deverá ser feito ainda esta semana. Se a justiça entender que ele deva deixar o cargo para não interferir nas investigações, José Maria poderá ser afastado por um período de até 180 dias.

Os vereadores que votaram contra a abertura da CPI e a favor do arquivamento das denúncias foram Carlos Antônio Aparecido Barbosa (PHS) e Sebastião Leonardo de Mesquita "Puri" (PSDB); vereadores que votaram a favor da abertura da CPI: Arnaldo de Abreu Campos (DEM), José Marcelo de Andrade Botelho (PDT), Lino dos Santos Filho (PSDB), Márcio Luiz Borges (PT), Nelson Mesquita Galvino "Nelsinho da Funerária" (PT) e Rodrigo Douglas Vilas Boas (PDT). Vereador que se absteve de votar, o presidente Fábio Mesquita de Almeida "Fabinho do Zeca". 

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Mais informações sobre o assassinato do estudante da Ufla que estava desaparecido Ladrão arrombou estabelecimentos comerciais em Ijaci e foi preso pela PM em Lavras
   
Acidente em Lavras envolvendo automóvel e caminhão guincho deixa motorista ferido Cemig alerta sobre a importância de manter atualizada a titularidade do contrato de fornecimento de energia
   
Pesquisadores da Ufla desenvolvem tecnologia inovadora envolvendo bioenergia e tratamento de esgoto PM apreende droga em Lavras com ajuda de cães farejadores
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras