Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque / Cultura /


Publicada em: 29/05/2014 07:53 - Atualizada em: 29/05/2014 18:37
Festa tradicional do Congado é celebrada em Lavras, no bairro Novo Horizonte
O bairro Novo Horizonte viveu um dia de festa e manteve uma tradição que em Minas Gerais tem mais de 300 anos, o dia da Festa do Congado

Manifestação cultural das mais antigas de Minas Gerais é mantida viva em Lavras, no bairro Novo Horizonte. Foto: Acel

 

Siga-nos no Twitter: @jlavras

No domingo, dia 25, a Associação de Congadeiros e Embaixadores de Santos Reis de Lavras (Acel), realizou a 8ª Festa do Congado do bairro Novo Horizonte. O congado é uma festa que tem mais de 300 anos, é uma mistura de festa e devoção. Na época da escravidão, o congado foi uma fonte de fé e esperança para o povo negro. Os santos festejados são Nossa Senhora do Rosário, São Benedito, Santa Efigênia e Nossa Senhora Aparecida. A importância de Nossa Senhora do Rosário é a referência, representando a mãe de Cristo.

A tradição é passada de pai para filho, se tornando também um elo familiar. É  a doutrina espiritual de muitas famílias que dão continuidade a esta tradição, desta forma, a festa, a música e a fé existentes no congado mineiro perpetuam a esperança e a força do povo que a celebra.

O evento que foi realizado no bairro Novo Horizonte no domingo, contou com a participação da comunidade católica da Igreja de São Judas Tadeu, da Paróquia de Sant'Anna. Naquela igreja foi celebrada a missa conga, com a participação do padre Adriano e os membros do coral Congo do Terno de Dona Lena, do bairro São Vicente, que cantaram ao toque dos tambores e instrumentos dos congadeiros.

O domingo começou com um café da manhã, que foi servido aos participantes, depois um saboroso almoço e no fim da tarde, um delicioso lanche. O ponto alto da festa foi o descimento dos mastros de Nossa Senhora do Rosário, São Benedito, Nossa Senhora das Mercês, Santa Isabel e Santa Efigênia, momentos acompanhados por Ternos de Congados locais e visitantes.

Participaram do evento cultural religioso o Terno Moçambique Afrodescendente de Macaia (Capitão Jorge); Terno de Catopé do Senhor Sebastião Rodrigues, de Bom Sucesso; Terno Tradição de Congado Júlio Antônio e Cia, de Santo Antônio do Amparo; Terno Moçambique de São Benedito, de Ribeirão Vermelho, além do Terno de São Benedito e Nossa Senhora do Rosário, do bairro São Vicente.

A programação, à cargo da Acel, foi coordenada pelo presidente da entidade, o professor Wagner Machado, pelo Rei Congo Geraldo Magela e meirinhos. O domingo foi um dia de grande movimentação no bairro, onde os grupos puderam apresentar suas manifestações, enriquecendo a tradição cultural centenária do congado lavrense. 

Clique aqui e comente esta notícia no Facebook do Jornal de Lavras

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras