Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Comportamento /


Publicada em: 21/05/2014 10:34 - Atualizada em: 21/05/2014 21:27
Delegacia Regional de Polícia Civil, que tem sede em Lavras, está parcialmente parada
PC de Lavras está parcialmente parada, apenas serviços como flagrantes e Lei Maria da Penha serão realizados

Delegacia de Polícia Civil em Lavras. Foto: Jornal de Lavras

 

Leia: "Delegacia de Lavras não está parada", afirmou Camargo

A inspetoria da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil (Depol) de Lavras aderiu à paralisação nacional de 24 horas proposta pelo Sindicato dos Policiais Civis de Minas Gerais (Sindepol-MG). Em Lavras, o atendimento de urgência será mantido, como a prisão por flagrante e condução de detidos e demandas relacionadas à Lei Maria da Penha. O movimento busca o nivelamento do salário dos policiais e mais condições de segurança e infraestrutura.

De acordo com o Sindepol-MG, os policiais civis tentam, por meio da manifestação unificada, cobrar do Executivo Federal uma nova política nacional de segurança pública para melhores condições de trabalho da categoria, a fim de defender, com mais eficiência, os cidadãos.

A proposta do Sindepol-MG é que todos os 10 mil policiais civis de Minas Gerais cruzem os braços por 24 horas para poder chamar a atenção.

  Clique aqui e comente esta notícia no Facebook do Jornal de Lavras

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras