Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano /


Publicada em: 07/10/2010 08:10 - Atualizada em: 01/11/2011 21:01
Aeronáutica vistoriou o Aeroporto Regional de Lavras
Aeronáutica vistoriou, na quinta-feira, o Aeroporto Regional de Lavras, primeira etapa da homologação para aviação comercial.

     

        Major Márcio Bustamante dos Santos, do 3º Comando Aeroespacial

 

O Ministério da Aeronáutica vistoriou, esta semana, o Aeroporto Regional de Lavras para a finalização do processo de homologação do aeródromo. O major engenheiro Márcio Bustamante dos Santos, do 3º Comando Aeroespacial, que tem jurisdição no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, andou pela pista e observou toda a infraestrutura construída pelo Governo do Estado. Bustamante estava acompanhado de José Audísio Lopes Lima, da diretoria de obras do Departamento de Obras Públicas do Estado de Minas Gerais (Deop/MG), e de Marco Antonio Miglioni, da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas, responsáveis pela obra.

Cabe ao major Bustamante verificar se todas as normas exigidas pela Aeronáutica foram atendidas; ele agora elaborará um relatório que será enviado ao Cindacta I (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo), que depois de analisar o relatório, envia ao Governo do Estado, que dará início ao processo de cadastramento do aeródromo de Lavras na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

O procedimento da ANAC é redigir a Portaria de Homologação do Aeroporto Regional de Lavras. Passado este processo, o aeroporto estará aberto às companhias aéreas regionais para pouso e decolagem. Segundo o major Bustamante, em Lavras deverá operar aeronaves ATR 42, com capacidade para 52 passageiros.

Em conversa com a reportagem no Jornal de Lavras, no Vitória Palace Hotel, onde estava hospedado o major Bustamante, ele disse que as companhias aéreas não são proibidas de operar em aeroportos sem homologação, porém, as aeronaves ficam descobertas de seguro, já que as seguradoras cobrem por acidentes apenas aeronaves que operam em aeroportos homologados.

O major disse que as viagens que faz para vistoriar aeroportos são, normalmente, em aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), porém, quando embarcou para Lavras, não havia aviões disponíveis, ele então foi obrigado a voar em linha aérea comercial,

Bustamante disse que ficou emocionado quando desembarcou no aeroporto de São João del-Rei, porque ele está operando hoje, graças ao seu trabalho de elaboração do laudo que proporcionou a homologação do aeródromo daquela cidade.

Questionado se em Lavras estava tudo certo, o major Bustamante disse que sim, que vistoriou tudo e que as solicitações da Aeronáutica foram atendidas. Sobre a data em que o aeroporto estaria apto a operar, o major Bustamante disse que em seria em torno de 120 dias, mas ele acredita que o processo de Lavras será mais rápido.

A obra do aeroporto de Lavras custou quase R$ 12 milhões ao Estado; ele foi oficialmente entregue no dia 13 de agosto deste ano, numa solenidade simples no gabinete da Chefe do Executivo. Assinaram o documento de entrega do aeroporto ao patrimônio de Lavras a prefeita Jussara Menicucci e José Audísio Lopes Lima, da diretoria de obras do Deop-MG.

Na entrega do patrimônio Audísio Lima explicou que a responsabilidade do Deop continuaria até o acompanhamento da vistoria para o processo de homologação do aeroporto.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras