Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 27/08/2013 15:53 - Atualizada em: 28/08/2013 08:08
Câmara de Lavras realizou a mais extensa reunião de sua história recente
Reitor explana sobre o futuro da Ufla e o impacto que terá na vida dos lavrenses

Professor José Roberto Scolforo, reitor da Universidade Federal de Lavras

 

Siga-nos no Twitter: @jlavras

O reitor da Universidade Federal de Lavras (Ufla), professor José Roberto Scolforo, esteve na reunião ordinária da Câmara Municipal na noite de segunda-feira, dia 26, ele foi falar sobre os projetos que aquela instituição de ensino está desenvolvendo e que terão forte impacto no desenvolvimento de Lavras e da região. Scolforo estava acompanhado da vice-reitora Édila Vilela de Resende von Pinho, do ex-reitor Antônio Nazareno Guimarães Mendes e de diversos pró-reitores e assessores diretos.

Scolforo falou sobre os projetos que já estão sendo desenvolvidos naquela instituição e os que ainda serão iniciados. Um dos assuntos que mais prendeu a atenção dos vereadores e dos telespectadores da TV Universitária e da TV Câmara, foi a implantação do curso de Medicina, que terá seu primeiro vestibular já no próximo ano.

O reitor usou recursos de um datashow para mostrar o que está sendo construído no campus da Ufla, como o maior  Centro de Convenções do Sul de Minas, um Centro Esportivo que certamente será um dos mais completos do Brasil, com uma pista olímpica importada da Alemanha, o Parque Tecnológico, entre outras, que colocará Lavras na ponta no âmbito regional, estadual e até nacional.

Quando terminou a explanação, o presidente da Câmara Municipal, vereador Marcos Possato, franqueou a palavra aos vereadores, que queriam saber mais detalhes e esclarecer dúvidas sobre o desenvolvimento de Lavras decorrente dos investimentos da Universidade.

A reunião da Câmara Municipal de Lavras realizada ontem foi uma das mais longas da história do Legislativo, ela terminou depois da meia noite, tamanho foi o interesse dos vereadores no assunto levado em plenário pelo reitor José Roberto Scolforo e sua equipe de assessores.

A reunião teve um momento de constrangimento, foi quando foi dada a palavra ao vereador Leandro Lazzarini Moretti, ele não soube aproveitar a oportunidade para discorrer sobre o assunto que realmente interessava a coletividade e tentou induzir o reitor a confrontar com o Chefe do Executivo, deixando todos os presentes e seus colegas de plenário constrangidos.

Scolforo respondeu o questionamento do vereador com firmeza, mas mantendo uma postura digna de um dirigente de uma das maiores instituições de ensino do Brasil. Para completar, o vereador presidente Marcos Possato chamou a atenção do vereador Moretti em público, deixando-o numa situação de desconforto perante o reitor e seus assessores de primeiro escalão, além dos telespectadores das emissoras que transmitiam a reunião.

Moretti falou sobre uma representante da comunidade rural dos Fonsecas, que esteve na Câmara na semana passada para falar sobre a questão da poluição do ribeirão que corta a comunidade. Na ocasião ela falou sobre uma análise, que segundo ela, estava pendente na Ufla. Moretti se dirigiu a Scolforo questionando sobre a suposta pendência da Ufla com a comunidade rural, dizendo que a presença dos representantes da comunidade à Casa Legislativa foi arquitetada pelo prefeito Marcos Cherem. Leandro Moretti questionou o reitor sobre o assunto dizendo que era "público e notório que ele havia apoiado a candidatura de Marcos Cherem".

Scolforo respondeu dizendo que sua postura de homem público não permitia que ele segregasse qualquer candidato que o procurasse para tirar uma fotografia ao seu lado, que ele permitia isso a qualquer pessoa, desde que a sua imagem não fosse usada para denegrir ele, sua postura ou a instituição que ele representa, no caso, a Ufla.

Scolforo deixou transparecer uma ponta de emoção quando, no discorrer de sua resposta disse: "se eu gosto do Marcos Cherem? Claro que gosto e gosto muito, ele salvou a vida de meu filho de 23 anos, claro que eu gosto dele".

Quando terminou a reunião, o reitor Scolforo e a vice-reitora Édila passavam pelas mesas dos vereadores, Moretti pediu desculpas ao professor Scolforo, um microfone próximo a ele estava ligado e foi possível ouvir o pedidos de desculpas e a resposta do reitor: "Não se preocupe, você me proporcionou uma oportunidade de esclarecer este assunto".

 

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras