Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 04/07/2013 18:16 - Atualizada em: 05/07/2013 08:21
Fim do lixão de Lavras está próximo, prefeito assinou termo com o Governo de Minas
Um consórcio vai colocar fim ao lixão de Lavras e de mais quatro cidades, ontem foi assinado um termo em Belo Horizonte

Prefeito de Lavras e o secretário de Estado Bilac Pinto, assinando o Termo de Cooperação Técnica

 

Siga-nos no Twitter: @jlavras

Na tarde de ontem, quarta-feira, dia 3, o prefeito Marcos Cherem esteve em Belo Horizonte para participar da solenidade de assinatura do Termo de Cooperação Técnica com o Governo de Minas, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (SEDRU), para elaborar o Consórcio Intermunicipal de Gestão Compartilhada de Resíduos Sólidos.

O Consórcio vai abranger os municípios de Lavras, Itumirim, Itutinga, Ijaci e Ribeirão Vermelho, beneficiando uma população de 120 mil pessoas e que geram cerca de 34 mil toneladas de resíduos por ano. Os municípios decidiram se unir para em conjunto gerir e operar a destinação final dos resíduos sólidos e acabar de vez com os lixões a céu aberto da região do entorno de Lavras.

A assinatura do documento marca o início da formatação do Consórcio, que visa unir os municípios para encontrar soluções na qual possam resolver os problemas relacionados à destinação final do lixo na região. Além disso, o Consórcio Intermunicipal é uma alternativa mais econômica para as prefeituras, que vão poder dividir os gastos de construção e operacionalização dos empreendimentos necessários para extinguir os lixões na região.

Para o secretário da SEDRU, Bilac Pinto, a política desenvolvida pelo Governo de Minas para incentivar a formação de Consórcios é a solução mais viável e eficaz para o fim dos lixões. "Com a conscientização dos prefeitos, hoje muitas cidades já têm um local adequado para destinar seu resíduo, o que vai proporcionar a melhoria ambiental e de saúde pública", disse o secretário, que completou "o governo de Minas trabalha para que, assim como aconteceu na região de Lavras, cresça entre os prefeitos a consciência de que o lixo é um problema comum das cidades de uma determinada região e, assim, eles têm que atuar em conjunto, com economia de espaços, custos e investimentos".

De acordo com o prefeito de Lavras, Marcos Cherem, o consórcio é uma alternativa economicamente mais viável e que vai ser uma solução tanto para os municípios grandes quanto para as pequenas cidades. "Nós queríamos, de forma conjunta, encontrar uma alternativa correta para o lixo produzido nessas cinco cidades da região e agora tenho certeza que com nossa união esta será uma saída mais viável e que irá vamos baratear os custos para os municípios", disse o Chefe do Executivo de Lavras. "Este Consórcio com a adesão dos prefeitos é também uma vitória pessoal para um problema que se arrasta há mais de 10 anos em Lavras. A implantação do aterro sanitário é tão necessária à manutenção da saúde e do meio ambiente quanto as outras ações desenvolvidas no município", salientou.

Juntamente com o prefeito Marcos Cherem, estiveram presentes à assinatura do Consórcio os prefeitos Gilson de Oliveira Garcia, Itumirim; José Maria Nunes, Ijaci; Célio Carlos de Carvalho, Ribeirão Vermelho e a prefeita Alba Valéria Silva Franco, de Itutinga.

A meta do Governo de Minas é acabar com os lixões no Estado até 2014. Segundo dados da Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM). Em Minas já foram formatados 19 consórcios intermunicipais para coleta e tratamento de resíduos sólidos e sete deles já estão em operação.

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras