Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 14/05/2013 09:01 - Atualizada em: 14/05/2015 12:54
Gilza foi à Câmara Municipal e rebateu acusações
Gilza rebateu publicação caluniosa de um blog criando exclusivamente para desestabilizar e denegrir a imagem de pessoas e do vereador Leandro Moretti, que deu publicidade às calúnias

A ex-secretária Gilza Helena foi à tribuna da Câmara se defender. Foto: Jornal de Lavras

 

Siga-nos no Twitter: @jlavras

A ex-secretária Municipal de Saúde, Gilza Helena Carvalho, depois que foi acusada de fazer apologia ao uso drogas pelo vereador Leandro Moretti, tendo por base uma publicação de um blog criado com a finalidade única para atacar pessoas de forma descabida, foi até aquela Casa Legislativa para se defender do que ela chamou de "acusações criminosas de um blogueiro pseudo jornalista". A ex-secretária levou dois resultados de exames laboratoriais para provar que não usa drogas. A secretária Gilza, visivelmente tensa e emocionada, disse que está processando o blogueiro e o vereador.

Gilza disse que Moretti havia dito que "para ocupar um cargo público a pessoa teria que ter uma reputação ilibada", devido a isso, ela apresentou uma declaração do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) que não tem nenhum processos cível e nem criminal, ao mesmo tempo apresentou uma certidão do mesmo TJMG que mostra processos contra o vereador Leandro Moretti. A ex-secretária Gilza questionou se o vereador que a acusou motivado por uma publicação maldosa teria então uma reputação ilibada.

A fotografia que motivou todo o problema foi postado na rede social Facebook em sua página pessoal, nela Gilza Helena aparece fantasiada de hippie, fazendo uma alusão ao movimento que popularizou e divulgou o uso de maconha. Uma pessoa do relacionamento de Gilza fez um comentário sobre suas vestimentas e ela respondeu: "só faltou o baseado" (como se ela tivesse fantasiada de Maria Bonita e alguém comentasse; a resposta certamente seria: só faltou a carabina).

A resposta da ex-secretária Gilza foi usada pelo blogueiro, que afirmou que a Gilza fazia apologia às drogas e que também era "maconheira". Esta última afirmação foi postada de forma anônima e, como quem mantém o blog é responsável pelas publicações, mesmo as anônimas, Gilza se sentiu no direito de processa-lo por crime de calúnia e injúria.

Moretti copiou a fotografia do blog e mostrou na televisão, fez a denúncia de apologia às drogas e ainda pediu que o prefeito tomasse medidas drásticas contra Gilza, a então  Secretaria de Saúde. No dia seguinte o vereador ainda reforçou suas denúncias numa emissora de rádio da cidade.

Em resposta ao uso da fotografia tirada da rede social, a ex-secretária comparou fotografias do vereador Moretti, extraídas também da rede Facebook, onde ele aparece ao lado de uma estátua do cangaceiro Virgolino Ferreira, o "Lampião", e comentou: "seria o mesmo que eu o acusasse de fazer apologia ao crime, já que Lampião foi um criminoso".

A secretária mostrou fotografias do vereador Moretti ao lado de jovens e adolescentes em volta de uma mesa, onde havia algumas garrafas de bebidas alcoólicas, onde também comentou: "estaria o senhor vereador fazendo apologia ao consumo de bebidas para adolescentes?"

Para finalizar Gilza agradeceu as manifestações de apoio que recebeu das pessoas e deu destaque para uma, a do também vereador Cleber Pevidor, que é líder do PSDB naquela Casa Legislativa e da base da oposição ao prefeito Marcos Cherem.

Na manifestação do vereador Pevidor, ele faz elogios ao trabalho da ex-secretária e defende sua conduta como cidadã e servidora pública. Pevidor se solidarizou com a ex-secretária Gilza. Em seguida, a palavra foi dada aos vereadores, todas as manifestações foram em favor da ex-secretária Gilza. O destaque foi para o vereador Evandro Castanheira Lacerda, que aproveitou para fazer um desabafo.

Segundo Castanheira, ele nunca mais vai apoiar grupos políticos, isso porque depois políticos, que ele não revelou nomes, se unem e quem fica prejudicado é quem foi "usado". Castanheira mandou um recado para aqueles vereadores que hoje estão sendo "usados", como ele já foi. O vereador disse também que sempre foi vítima de um blog e que esta semana, outro blogueiro, o que fez a denúncia contra Gilza Carvalho, publicou uma mentira, atribuindo a ela uma frase que ele garante não ter dito. Segundo o blogueiro, o vereador Evandro Castanheira teria dito que a "administração do prefeito Marcos Cherem não chegava até o dia 21", Evandro disse que não via o blogueiro há cerca de seis meses e disse que sua afirmação foi mentirosa.

Castanheira disse que já passou da hora de serem tomadas medidas contra aqueles que fazem publicações maldosas contra as pessoas, pediu providências às autoridades. O vereador disse que publicações desta natureza trazem danos às pessoas e ás famílias e contou sua experiência. O vereador Castanheira disse que teve uma depressão, que chorava muito e que ele e sua família sofreram bastante.

O vereador José Márcio Faria disse que a vida pessoal da servidora não interessava a ninguém, interessava apenas seu trabalho como secretária Municipal de Saúde. Ele lamentou o ocorrido e lamentou principalmente que um assunto daquela natureza teria sido levado para aquela Casa Legislativa.

O vereador Leandro Moretti disse que não se arrependia de nada que havia dito, falou também que ficou decepcionado com a ex-secretária Gilza, disse que esperava que ela fosse até aquela Casa pedir desculpas e dizer que errou.

Marcos Possato disse que tinha certeza que tanto o vereador Leandro Moretti quanto Gilza não queriam ter passado por tudo aquilo, pediu prudência aos vereadores no que falam em plenário, fez críticas ao procedimento de alguns vereadores que estão expondo aquela Casa Legislativa. Disse que alguns praticam a religião mas que fazem constantes maldades, um comportamento que contraria a imagem de cristão que tenta passar para a sociedade.

O vereador Sebastião dos Santos Vieira disse que a Câmara Municipal estava se degradando devido às atitudes de alguns vereadores, ele disse que em mais de 20 anos no Poder Legislativo nunca havia passado o que passou nesta legislatura, disse que foi desrespeitado e agredido com palavras, disse também que escondeu isso, ele pediu que a partir de agora os vereadores mudem o comportamento. O presidente Marcos Possato também pediu uma nova postura naquela Casa Legislativa.

Durante as falas, vários vereadores pediram que Gilza voltasse ao seu cargo e, no plenário, tiveram manifestações de populares e servidores municipais pedindo o retorno de Gilza como secretária de Saúde.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Casal que vendia droga pelo sistema delivery e recebia com cartão foi preso em Lavras
IBGE vai contratar 106 pessoas em Lavras para a realização do Censo 2021
Gasolina e óleo diesel terão reajuste nesta sexta-feira; este é o quarto reajuste do ano
SES vai suspender cirurgias eletivas não essenciais em todo o estado por causa da Covid
Procura por agricultor de Lavras que estava desaparecido chega ao fim de forma trágica
Vereador Possato protocolou pedido de instauração da CPI das Vacinas em Lavras
LabCovid: Ufla explica como funciona o laboratório - veja vídeo
Copasa pode ter que devolver cobrança a mais de 500 mil consumidores
Acidente na BR-265 destrói 16 doses de vacina contra Covid
Ladrões furtaram bobinas de fios de cobre para vender como sucata em Lavras, material avaliado em R$ 10 mil

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras