Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 30/04/2013 09:33 - Atualizada em: 30/04/2013 18:11
Está nas mãos da Câmara: prefeito propõe projeto com objetivo de desbloquear recursos
Projeto está com vistas para o líder do PSDB; até que as vistas sejam liberadas e o projeto votado, a situação financeira do município fica paralisada

Reunião ordinária da Câmara desta segunda-feira teve a presença do prefeito Marcos Cherem. Foto: Jornal de Lavras

 

Siga-nos no Twitter: @jlavras

O prefeito Marcos Cherem esteve ontem na Câmara Municipal para falar da situação em que o município se encontra e sobre as medidas tomadas pelo Executivo. Cherem anunciou que enviou para aquela Casa Legislativa, dois projetos que amenizariam a situação financeira do município, um de alienação de parte de uma fazenda na comunidade rural do Farias, para dar garantias de pagamento de parte da dívida com a Construtora Marco XX, divida esta contraída em 1999 e que agora deverá ser paga por decisão judicial. O outro projeto é de redução de salários do prefeito, vice-prefeito, secretários e assessores comissionados, que deverá entrar na pauta da próxima segunda-feira.

Antes da votação dos projetos, todos os vereadores fizeram perguntas ao prefeito sobre a disponibilização de parte da fazenda para garantir a caução do pagamento, que segundo explicou o prefeito Marcos Cherem, sem a caução, o município ficará impedido de receber verbas e repasses dos governos Federal e Estadual, sem isso Lavras ficará fora de projetos como o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Sem esta providência a administração ficará engessada, sem recursos até para tapar buracos nas ruas, já que parte da arrecadação do município está bloqueada para o pagamento da dívida com a Marco XX.

Todos os vereadores manifestaram, alguns disseram que eram contrários à disponibilização de parte da fazenda e argumentaram de forma coerente, como o vereador José Márcio Faria, outros tentaram usar frases de efeito na tentativa de intimidar o prefeito e, outros, argumentaram que não assumiriam a responsabilidade de tomar uma decisão como esta, mesmo sendo eleitos para isso. Algumas alternativas foram sugeridas, mas nenhuma delas foram colocadas efetivamente em pauta para votação.

A reunião se alongou e quando o projeto proposto pelo Executivo foi finalmente colocado em votação, o vereador Cleber Pevidor, líder do PSDB, pediu vistas, com isso a situação se arrasta por mais uma semana e serviços básicos da prefeitura em prol da população, como tapa buracos, instalação de bueiros e outros, aguardam a decisão da Câmara.

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras