Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 04/04/2013 22:13 - Atualizada em: 05/04/2013 10:43
Começa em Lavras, a fiscalização aos "perturbadores do sossego alheio"
Carros com som elevado, carros tunados, festas em repúblicas e outros causadores da perturbação do sossego responderão na justiça por desrespeito a lei

Autoridades reunidas para estruturar ações contra os chamados "perturbadores do sossego alheio"

 

Siga-nos no Twitter: @jlavras

Uma reclamação constante dos lavrenses, quanto ao som ensurdecedor no carros chamados "tunados", parece que terá fim, isso porque uma reunião para tratar deste assunto foi realizada na manhã desta quinta-feira, no gabinete do prefeito Marcos Cherem. Estiveram presentes o juiz Gilberto Benedito, os promotores Eduardo de Paula Machado e Aécio Rabelo, o delegado Regional Carlos Camargo, o comandante do 8º Batalhão, major Flávio Marcos Valério, o comandante do Corpo de Bombeiros, tenente Ademir Penido da Silva e o comandante da 6ª Companhia de Meio Ambiente e Trânsito, major Ageu Evangelista Ferreira, além dos assessores Hélio Ribeiro e Heitor Sebastião Ribeiro e do secretário de Defesa Social e Trânsito, Fernando Oliveira Guimarães.

Na reunião ficou decidido que as autoridades vão agir de acordo com a lei, foram traçados planos de ação conjunta entre o município e as instituições do Estado para colocar de vez um fim a este abuso e desrespeito a lei do silêncio e a perturbação do sossego e da ordem pública.

Os automóveis dotados de possantes caixas de som, responsáveis pelo incômodo do barulho e da vibração provocada pelo deslocamento do som, causando o acionamento de alarmes de automóveis e bens patrimoniais, serão apreendidos por recomendação do Ministério Público Estadual e da Polícia Militar. Os veículos serão apreendidos e todos os equipamentos serão retirados e apreendidos pela Polícia Civil, um boletim de ocorrência será redigido e encaminhado ao Judiciário, para que os proprietários dos veículos sejam responsabilizados através de ações civil e criminal.

As ações de moralização da ordem pública não se resumem apenas aos automóveis "tunados" ou com som excessivamente alto, as ações vão atingir em cheio as festas em repúblicas. Os proprietários dos imóveis e as imobiliárias, serão multadas e acusados de cooresponsáveis. Quaisquer eventos que causem poluição sonora e ambiental, será reprimido pelos órgãos envolvidos.

Esta foi a primeira iniciativa que ocorre em Lavras no sentido de "coibir os abusos e assegurar que o direito à diversão de uns não fira o direito ao sossego de outros". Ao termino da reunião, as autoridades ficaram empolgadas com a iniciativa, eles disseram estimulados e otimistas quanto aos resultados que serão obtidos através por meio da conjugação de esforços. A medida já está valendo a partir de hoje.

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras