Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Economia /


Publicada em: 14/02/2013 19:35 - Atualizada em: 15/02/2013 01:34
Vendedores de "mel de açúcar" tiveram produtos apreendidos em Lavras
Vigilância Sanitária apreende mel falsificado e alerta a população para os perigos

Imagem ilustrativa

 

Siga-nos no Twitter: @jlavras

Lavras é referência em qualidade de mel, cachaça e laticínios, isso se deve ao controle de qualidade da Universidade Federal de Lavras (Ufla), que "educou" o lavrense, fazendo deles um conhecedor de bons produtos. A cidade possui excelentes laticínios que industrializam produtos da melhor qualidade, o mesmo pode dizer da cachaça e do mel.

O lavrense que consome produtos produzidos em Lavras, sobretudo os citados, acaba apurando o gosto. Vendedores de mel falsificados estiveram em Lavras no sábado, dia 9, e foram surpreendidos por uma fiscalização da Vigilância Sanitária. Os fiscais daquele órgão apreenderam grande quantidade de mel falso.

O mel, bem como outros produtos de origem animal, deve ter registro em órgãos de inspeção como o SIM (Serviço de Inspeção Municipal); IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária), e do SIF (Serviço de Inspeção Federal). Qualquer produto de origem animal, incluindo ovos, pescados e mel, sem estes registros, são considerados inadequados ao consumo e geram altos riscos e agravos à saúde de quem consumir.

Além dos riscos diversos, está a intoxicação por toxinas (botulismo) que pode levar a pessoa a óbito e, no caso específico do mel apreendido, foi feita uma mistura à base de açúcar, que gera perigo a quem tem restrições ao uso.

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras