Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Economia /


Publicada em: 20/01/2013 13:57 - Atualizada em: 21/01/2013 06:23
Dia Nacional do Fusca: em Lavras tem muitos apaixonados pelo "besourinho"
Um carrinho que cabe no coração de milhões de brasileiros está comemorando hoje o seu dia

Claudinei Barbosa, um dos milhares de brasileiros que tem um Fusca para reformar na garagem. Foto: Jornal de Lavras

 

Siga-nos no Twitter: @jlavras

Hoje são comemoradas duas datas: o Dia Nacional do Fusca e o Dia do Farmacêutico. A primeira, quem tem um Fusca deve sair hoje pelas ruas da cidade e desfilar orgulhoso, afinal ele é o carrinho mais popular e querido do mundo.

O primeiro fusca foi produzido no Brasil em 1959, na cidade de São Bernardo do Campo, São Paulo. Se no Brasil ele é um senhor de meia idade, no mundo ele já é um idoso, isso porque ele existe há 77 anos.

No dia 22 de junho de 1934, Ferdinand Porsche e Adolf Hitler assinavam um contrato para que fosse construído um carro refrigerado a ar, que fosse fácil de ser desvirado, caso tombasse e, além de tudo, muito resistentee com baixo consumo de combustível. Hitler já pensava em utilizá-lo na guerra, um carro para ser usado no deserto. Os primeiros protótipos do Fusca foram feitos em 1936 e o modelo definitivo surgiu em 1939.

No Brasil, na época em que foi produzido, o Fusca ganhou o mercado brasileiro e a admiração de todos. O carinho dos brasileiros pelo carrinho fez com que o engenheiro alemão Alexander Gromow, criasse o Dia Nacional do Fusca e a data escolhida foi o dia 20 de janeiro. Ele já tem também o Dia Mundial, que é comemorado no dia 22 de junho.

Em Lavras existe muitos apaixonados pelo carrinho, e um deles é Claudinei Barbosa, que teve um Fusca e se apaixonou. Hoje ele tem outro carro, também da Volkswagen, mas a paixão pelo Fusca falou tão alto que Claudinei adquiriu um fusquinha velho e disse que vai restaurá-lo. Aos poucos ele acrescenta uma peça, troca outra e assim vai melhorando o carrinho.

Claudinei disse que quando reformá-lo não vai dispor do carrinho por dinheiro nenhum, tudo para poder satisfazer um gosto, o de ter um Fusca na garagem. Mas isso não é um sonho apenas dele, muita gente já tem e outros querem ter um carro desse.

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras