Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 08/05/2010 22:29 - Atualizada em: 01/11/2011 22:26
Para o DEM, Festa do Dia do Trabalhador é suspeita

     Festa 1º de maio

       Festa onde Lula e Dilma apareceram foi condenada pelo Democrata, para eles, foi propaganda política

 

O Democrata (DEM) entrou na segunda-feira, dia 3, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com uma representação contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a pré-candidata do PT, Dilma Rousseff, e a Central Única dos Trabalhadores (CUT) com acusação de que houve propaganda extemporânea no evento para comemorar o Dia do Trabalhador. Segundo a assessoria do DEM, estão em estudo ações sobre outros eventos realizados no dia e sobre o pronunciamento do presidente Lula em cadeia de rádio e televisão também sobre o mesmo tema.

A assessoria Jurídica do DEM anexou à representação a íntegra do discurso de Lula na CUT e destaca uma frase na qual o presidente diz que é preciso haver "sequenciamento" de seu governo.

O DEM destaca trechos em que Lula diz não poder falar em candidato até julho e a platéia começa a cantar o nome de Dilma. A representação usa também trechos do discurso de Dilma no evento. O DEM questiona frases ditas por ela como "hoje é um dia de luta e de se olhar para o futuro". O partido destaca ainda que Dilma "não tem identidade nem relação histórica" com a CUT. Com base nisso, o partido conclui que o evento "não passou de mais um comício em prol da pré-candidata do Partido dos Trabalhadores (PT) para a próxima eleição.

O DEM questiona ainda a possibilidade da CUT realizar um evento de caráter "partidário", uma vez que recebe recursos de contribuição sindical obrigatória, que é administrada pelo poder público. O DEM ainda levanta suspeitas de que empresas estatais estariam patrocinando o evento. O partido pede que Lula, Dilma e a CUT sejam condenados a multa equivalente ao custo total da "propaganda" realizada. Pede ainda remessa dos autos ao Ministério Público para que se investigue a utilização de recursos da central na organização do evento.

    

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras