Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 11/08/2010 12:00 - Atualizada em: 01/11/2011 21:59
Comissão de deputados que passou por Lavras concluiu relatório sobre violência
Diagnóstico sobre segurança pública realizado este ano pela Assembléia Legislativa, nas cidades pólo, sedes de Regiões Integradas de Segurança Pública, foi lido na ALMG.

     

        Policiamento preventivo em Lavras constribui para os baixos índices de criminalidade - foto: Sargento Alan Garcia

 

No dia 8 de junho deste ano esteve em Lavras um grupo de deputados integrantes da Comissão da Assembléia Legislativa, que percorria todo o Estado elaborando um documento que traçaria um diagnóstico sobre segurança pública em Minas Gerais.

Na terça-feira, dia 10, o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembléia Legislativa, deputado João Leite, fez a leitura do relatório das visitas realizadas pelos parlamentares às vinte Regiões Integradas de Segurança Pública do Estado, entre 2009 e 2010. O documento serviu de subsídio para a elaboração do Fórum Técnico que será realizado entre os dias 11 e 13 de agosto do Plenário da ALMG.

De acordo com o parlamentar, o documento é um diagnóstico que retrata as características e necessidades de cada região de Minas Gerais no que se refere à segurança pública. Para ele, o trabalho gerou um documento histórico, que vai servir de base na formulação de políticas públicas para o setor. Durante o segundo semestre do ano passado e o primeiro semestre deste ano, a comissão esteve nas cidades de Uberaba, Caratinga, Pouso Alegre, Barbacena, Unaí, Ipatinga, Governador Valadares, Teófilo Otoni, Uberlândia, Patos de Minas, Manhuaçu, Juiz de Fora, Curvelo, Vespasiano, Contagem, Divinópolis, Poços de Caldas, Lavras e Betim, além de Belo Horizonte.

Os integrantes da comissão ficaram impressionados com o baixíssimo índice de violência em Lavras; na época, em junho, eles impressionaram principalmente com os números de homicídio em Lavras. Até o dia 8 de junho, data da reunião, a cidade contabilizava um único homicídio em 2010. Hoje, dia 11 de agosto, data da postagem desta notícia, o número ainda é mantido: um único homicídio em Lavras em 2010.

O deputado elogiou o trabalho da comissão e destacou algumas peculiaridades das regiões, tais como a questão do roubo de pedras preciosas em Teófilo Otoni, o tráfico de drogas em Uberlândia e Patos de Minas e a atuação de "coiotes" juntos aos cidadãos de Governador Valadares que favorecem a entrada irregular nos Estados Unidos via México.

Para a deputada Maria Tereza Lara, vice-presidente da comissão, já é possível detectar uma retração da violência em todo o Estado, mas ainda há muito a ser feito para que os problemas mais graves sejam resolvidos. "Acredito que nosso trabalho será precioso em busca de melhorias na segurança pública de Minas Gerais", disse. O deputado Rômulo Veneroso também fez elogios ao trabalho da comissão e lembrou que o Fórum Técnico, elaborado com base nas visitas, vai construir grandes propostas para o combate à violência no Estado.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras