Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Post Publicitário /


Publicada em: 31/07/2012 09:14 - Atualizada em: 23/02/2014 17:43
INFORME PUBLICITÁRIO - Greve da Ufla: Carta aberta dos Servidores Técnico Administrativos à comunidade
Os Servidores Técnico Administrativos, em greve desde o dia 12 de junho, vem de público responsabilizar a política do Governo Dilma por este movimento.

          

             Manifestação dos Técnicos Administrativos em Ouro Preto, em junho deste ano

 

Informe Publicitário

Os Servidores Técnico Administrativos das Universidades Federais, em greve desde o dia 12 de junho e sem reposição salarial, sequer da inflação após 2010, vem de público responsabilizar a política do Governo Dilma por este movimento.

Além da não reposição da inflação dos últimos três anos, desde 2005 o plano de cargos dos técnicos apresenta problemas em sua estrutura que prejudicam não só os servidores, mas a Universidade como um todo. Infindáveis e protelatórias reuniões foram feitas ao longo desse tempo, sem que tenhamos solução desses problemas.

A implantação do REUNI, deu à sociedade, a falsa impressão do desenvolvimento das instituições brasileiras de ensino. No entanto, o crescimento físico da Universidade não foi acompanhado pela contratação de pessoal, o que coloca a qualidade do ensino público em risco.

A falta de contratação de servidores para as Universidades institui o sistema de terceirização dos serviços, o que implica na contratação, com alto custo para o governo e lucro exorbitante para os empresários, de trabalhadores com baixos salários e à mercê das empresas contratantes que, ao perderem o próximo contrato, dispensam esses trabalhadores sem observarem seus direitos trabalhistas.

Em algumas Universidades, estudantes continuam assistindo aula em salas improvisadas e sem as mínimas condições didáticas. No ano de 2011, o governo conseguiu aprovar na câmara dos deputados uma lei que praticamente privatiza os hospitais universitários, reconhecidos centros de excelência da medicina brasileira e que atendem pelo SUS, em 100% dos casos.

Como se não bastasse, a exemplo do que tem sido feito com os demais trabalhadores brasileiros, o Governo insiste em marginalizar os aposentados das universidades o que não podemos concordar.

Esclarecemos que todas as propostas apresentadas até agora, se referem aos docentes das Universidades, tendo ficado os técnicos administrativos fora das negociações. Temos a certeza plena e absoluta de que o bom funcionamento da Universidade se sustenta em três pilares: docentes, estudantes e técnicos administrativos e, por isso mesmo, exigimos respeito à nossa classe!

Lamentamos muito a greve e gostaríamos que a presidente Dilma se comportasse como a candidata Dilma que reconhecia na educação, a solução para os problemas do Brasil à exemplo do que acontece com a China, Coréia e Japão que concentram seus investimentos nessa área.

Comando Local de Greve dos Técnicos Administrativos
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras