Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque / Evento /


Publicada em: 09/08/2010 23:56 - Atualizada em: 10/08/2010 12:19
Túnel do Tempo: Clube vai levá-lo aos anos 60
Se recordar é viver, você terá a oportunidade de fazer isso em setembro: lembrar da Liba, da ZYI-6, do disco voador de Lavras e dos bailes do D.A.

     

Maracanãzinho, Rio de Janeiro, sábado, 11 de junho de 1960, quando a lavrense Liba ficou em quarto lugar no Miss Brasil

 

Em setembro, o Clube de Lavras vai promover um baile para marcar época, garante sua diretoria. Será o Baile Anos Dourados, com a banda Big Band Show, a melhor banda lavrense do gênero. Serão músicas de sucesso da década de 60. A Big Band vai levar um repertório musical que vai mexer com as lembranças daqueles que, na década de 60, frequentavam a praça Augusto Silva, no tradicional "rela e redondo". Época em que o coração tremia quando a nossa eterna miss Minas Gerais, Mercedes Elizabeth del Carmen Carrascosa Von Glehn, a Liba, passava.

Aquelas pessoas que participaram dos bailes do Diretório Acadêmico da Escola Superior de Agricultura, dos bailes do Clube, como por exemplo, o mais famoso deles: "o Baile do Século", que trouxe a Lavras o ex-presidente Juscelino Kubitscheck, em 1968, quando a cidade desafiou o governo militar, homenageando JK, terão a oportunidade de reviver aqueles momentos.

O Baile vai recordar a época em que os lavrenses se locomoviam de bondes, quando a cidade tinha pouquíssimos automóveis; das noites quentes quando o "programa legal" era tomar sorvete no Bar dos Estudantes ou então comprar um picolé de coco ou abacaxi na Padaria São Jorge; do cineminha do senhor Zito, que fazia a alegria das crianças nas ruas de Lavras. Época que a população foi surpreendida com a onda de incêndios no sobrado do Capitão Evaristo, do depósito de móveis da Mobiliaria Aliança e, depois, do Hotel Jardim.

Uma época que sair de Lavras era possível apenas através da linha férrea, no misto e no Barra Mansa. Foi também a época do maior mistério de Lavras, mistério que colocou a cidade nas manchetes dos principais jornais e revistas do Brasil, quando um objeto voador não identificado sobrevoou o céu de Lavras, sendo observado por centenas de pessoas e fotografado pelo médico Rêmulo Tourino Furtini. O suposto disco voador chegou até mesmo a fazer um pouso em um pasto, onde é hoje o bairro Centenário, próximo ao Tiro de Guerra, sendo observado pelos atiradores Carlos Renato de Souza, Júlio César Vitorino, Ronaldo de Souza e pelo sargento Inocêncio França. As fotografias tiradas pelo médico Rêmulo Tourino Furtini e o testemunho de dezenas de pessoas foram alvo de extensas matérias publicadas em vários jornais e revistas do Brasil e do mundo.

Se você é do tipo que gosta de recordar, de lembrar as músicas que eram ouvidas nas ondas da ZYI-6, Rádio Cultura de Lavras, tem agora a chance de reviver estes momentos. Basta adquirir uma mesa com 4 ou 6 lugares, que já estão sendo disponibilizadas na secretaria do Clube de Lavras, e curtir o Baile Anos Dourados, no dia 25 de setembro. Contato: (35) 9911-1865.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Caixa Postal: 98 - CEP: 37.200-000 - Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras