Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 07/08/2010 23:45 - Atualizada em: 08/08/2010 15:04
Justiça condenou Autotrans a pagar R$ 8 mil a deficiente físico
Empresa que presta serviço de transporte coletivo em Lavras, a Autotrans, foi condenada a pagar R$ 8 mil a deficiente físico por constrangimento.

     

         Transposte coletivo urbano de Lavras - Autotrans

 

O vereador Marcos Cherem denunciou, na Câmara Municipal, o que ele chamou de "descaso" da empresa de ônibus que presta serviço ao município, com seus usuários e, principalmente, com aqueles que são deficientes. Esta semana o juiz Gilberto Benedito confirmou a denúncia do vereador sentenciando a Autotrans a pagar R$ 8 mil a título de indenização a um cadeirante.

O cadeirante acionou a justiça alegando que passou por constrangimento, quando a base elevatória do ônibus não funcionou e ele teve de ficar aguardando muito tempo até que passasse outro ônibus com elevador para atendê-lo.

O mais curioso é que o cadeirante foi à audiência no Juizado de Pequenas Causas e ficou frente à rente com o representante da empresa, que prometeu que esta situação não mais aconteceria.

Ao retornar para o ponto de ônibus, após a audiência, o cadeirante teve o mesmo problema, desta vez testemunhado pelo próprio juiz Gilberto Benedito: ele presenciou o cadeirante sendo carregado pelos passageiros e pelo trocador do circular.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras