Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 16/11/2023 13:15 - Atualizada em: 16/11/2023 20:42
Temporais que desabaram na quarta-feira no Sul de Minas provocaram destruição e morte
Os temporais com granizo e vento forte desabaram sobre as cidades de Lavras, Guaxupé, Santa Rita de Caldas, Pouso Alegre, Congonhal e Cássia, onde uma pessoa morreu

O pedreiro morreu no local sob a estrutura do galpão que caiu sobre ele. Fotos: redes sociais

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

Choveu granizo e ventou forte em Lavras na tarde de ontem, quarta-feira, dia 15. O vento arrancou uma estrutura metálica da cobertura de uma casa de eventos no bairro Cohab, a estrutura foi arremessada sobre uma casa próxima, quebrando telhas do imóvel. Fios foram arrancados e técnicos da Companhia Energética de Minas Gerias (Cemig), estiveram no local e fizeram os reparos devidos. Ninguém se feriu. A chuva de granizo foi mais forte na Zona Sul da cidade.

De hoje, quinta-feira, dia 16, até terça-feira, dia 21, pode chover forte em Lavras, a previsão meteorológica prevê também para Lavras calor forte até sábado, com temperaturas entre 36ºC e 37ºC, com temperaturas mínimas entre 20ºC e 23ºC.

Os temporais tem castigado o Sul de Minas, eles levaram prejuízo, destruição e até morte a cidades da região.

Em Guaxupé uma chuva de granizo que caiu ontem, derrubou árvores sobre veículos e cabos de energia elétrica e de internet.

Em Santa Rita de Caldas o temporal destelhou casas, derrubou árvores sobre fiação elétrica, o quartel da Polícia Militar daquela cidade foi destelhado pelo vendaval, uma viatura policial também foi danificada. A ventania arrancou a cobertura do alojamento masculino e do almoxarifado. A estrutura de madeira que sustenta as telhas também foi arrancada e causou danos na parte elétrica do imóvel. Também foi afetada a cobertura da garagem.

Em Pouso Alegre a chuva de ontem derrubou árvores e a estrutura que foi montada para a 1ª Festa do Peão daquela cidade, em decorrência disso, foi cancelado um show da dupla sertaneja Israel & Rodolfo, que marcaria a abertura oficial do evento.

Em Congonhal a chuva de granizo e o vento forte provocaram danos na cidade, carros tiveram suas latarias afetadas pelas pedras de gelo que caíram sobre eles, vidros foram quebrados e telhas de cimento amianto quebradas.

Mas o caso mais grave aconteceu em Cássia, no Sul de Minas. Naquela cidade um homem de 59 anos morreu, ele foi a primeira vítima das chuvas em Minas Geral neste ano de 2023 e confirmada pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Comdec).

Welerson dos Santos (foto abaixo) trabalhava às margens da MG-444, no distrito industrial daquela cidade quando, por volta de 15h, teve início o vendaval que arrancou uma estrutura de um galpão que caiu sobre ele, causando sua morte. A estrutura ainda atingiu veículos e um imóvel próximo.

De acordo com a Defesa Civil de Minas Gerais, até ontem, quarta-feira, 111 pessoas foram desalojadas e 12 ficaram desabrigadas com os temporais que tem desabado sobre todas as regiões do Estado. Ainda de acordo com a Comdec, há sete cidades em situação de anormalidades.

 

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br  - 只需点击一下即可获取信息
拉夫拉斯/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram:@jornaldelavras 
推特:twitter.com/jlavras 
脸书: www.facebook.com/jornaldelavras