Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 13/11/2023 19:06 - Atualizada em: 14/11/2023 11:49
No Sul de Minas: homem tenta matar sua ex-companheira desferindo cinco facadas contra ela
Os crimes de feminicídio têm crescido em relação ao ano passado, os dados são do Ministério da Justiça

Imagem ilustrativa

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

O Brasil registrou no primeiro semestre, 722 feminicídios, o número representa um aumento de 2,6% em relação ao mesmo período no ano passado, em 2022. Desde 2019, quando o crime de feminicídio foi incluído no Código Penal, a quantidade de vítimas cresceu 14,4%.

As principais causas são fatores culturais e sociais, estes fatores abrangem a desigualdade de gênero, a discriminação, a opressão e a crença de que os homens têm superioridade sobre as mulheres.

Os crimes de feminicídio continuam em crescimento no segundo semestre deste ano. No sábado, dia 11, uma mulher de 46 anos foi esfaqueada pelo ex-companheiro dentro da casa da mãe dela, o crime aconteceu em Alpinópolis, no Sul de Minas. O ex-companheiro, de 51 anos, esfaqueou a mulher que era professora naquela cidade.

Ela estava num salão de beleza quando recebeu uma ligação do ex-marido, que a ameaçou. O casal estava separado judicialmente há um ano. Temendo pela ameaça do ex-marido, ela foi para a casa de sua mãe, mas o ex-companheiro foi atrás, jogou a mulher no chão e a golpeou com uma faca.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, ela sofreu cinco perfurações e foi socorrida pelo irmão. Ela foi levada ao hospital da cidade e o ex-companheiro foi preso em flagrante. O suspeito disse à PM que apesar de separados há 1 ano, os dois chegaram a reatar o relacionamento, porém, ele não aceita o novo relacionamento da mulher.

A vítima, que se recupera da agressão, contou a Polícia Civil que o ex-companheiro fez várias ameaças contra a sua vida, mas ela não registrou nenhum boletim de ocorrência, pois acreditava que ele não chegaria a este ponto. Apesar das cinco facadas, a professora não corre risco de morte, mas segue em observação médica no hospital de Alpinópolis.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br  - 只需点击一下即可获取信息
拉夫拉斯/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram:@jornaldelavras 
推特:twitter.com/jlavras 
脸书: www.facebook.com/jornaldelavras