Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Notícia Jornalística /


Publicada em: 08/11/2021 21:14 - Atualizada em: 09/11/2021 19:04
Polícia Civil desmantela quadrilha de estelionatários em Lavras - veja fotos
São todos integrantes da mesma família e todos têm muitas passagens pela justiça por crimes diversos

Imagem ilustrativa

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481

Investigadores da Delegacia de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio de Lavras concluíram uma investigação e desmantelaram uma quadrilha de estelionatários que aplicava golpes na população lavrense e de cidades da região. Os integrantes são todos da mesma família e residem em Lavras, eles se encontram foragidos.

Existem relatos de vítimas da quadrilha em Lavras e nas cidades de Perdões e Nepomuceno, através da aplicação do golpe da "falsa instalação de TV por assinatura" e, atualmente, três homens e duas mulheres membros da referida associação criminosa se encontram foragidos.

As investigações demonstraram que os indiciados têm como atividade criminosa principal o crime de estelionato (art. 171, CP), e vieram a praticar uma sucessão de condutas fraudulentas nesta região ao simularem que instalavam aparelhos que captariam sinais de TV por assinatura, quando na verdade os equipamentos utilizados não eram capazes de receber sinal de TV, obtendo, assim, vantagem financeira em favor do grupo, já que recebiam pagamento de cerca de R$ 500 para a realização dos serviços. O grupo ofertava seus produtos na página do Mercadão da Ufla, uma página onde as pessoas oferecem o que tem para vender e o que tem interesse de comprar.

Segundo as investigações da PC, entre os anos de 2018 e 2021 foram praticados dezenas de crimes no município de Lavras e região por parte da associação criminosa conhecida como "Família Coelho", que tinha como líder e mentor das tramas criminosas Adriano Coelho de Mello, 44 anos e, como principal articulador, o seu filho Felipe de Oliveira Mello, de 27 anos. Ambos tinham como parceiras Jéssica Gomes Pereira, 21 anos e Sthefânia Oliveira Silva, de 26 anos, além de José Silvio de Oliveira, de 72 anos, avô materno de Felipe, que além de ter diversas passagens policiais, colaborava com o grupo nas execuções das ações fraudulentas, ora acompanhando os autores nas residências das vítimas, ora permitindo que as transferências bancárias fossem realizadas em sua conta pessoal.

Ao todo, foram finalizados quinze inquéritos policiais e, como os indiciados tinham conhecimento dos trabalhos investigativos desenvolvidos, optaram por fugir, não sendo possível à Polícia Civil dar cumprimento às ordens de prisão preventiva expedidas pela Justiça na última semana.

Assim, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Regional de Lavras, pede à população lavrense que, caso tenham informações acerca do paradeiro dos mencionados criminosos (fotos abaixo) ou que de alguma forma os reconheça como autores de crimes de que foram vítimas, informem imediatamente à Polícia Civil através do WhatsApp (31) 97595-5150 ou dos números telefônicos (35) 3829-3574, 3829-3572, 3829-3576 e 3829-3551.

Nota da redação:
É política do Jornal de Lavras não divulgar nomes e fotos dos envolvidos em crimes de qualquer natureza até que eles sejam julgados, porém, atendendo a um pedido da Delegacia Regional de Polícia Civil, através do delegado Leandro de Prada Macedo Costa, vamos publicar, com a autorização da Polícia Civil, as fotos e informações dos integrantes da quadrilha para auxiliar na identificação de mais vítimas e localização dos foragidos:


Adriano Coelho de Mello, 44 anos com dezenas de passagens criminosas com crimes de estelionato, transações espúrias de veículo automotores, como furto, receptação e adulteração de sinais de veículos automotores. Crime de trânsito, inclusive um recente, crime de violência doméstica e existem informações que utiliza de uma lanchonete para comercializar drogas.


Felipe de Oliveira Mello, 27 anos, além da prática de crimes de estelionato, já foi indiciado em crimes relacionados à violência doméstica e porte ilegal de armas de fogo, bem como existem contra si boletins de ocorrência que sugerem seu envolvimento com o tráfico de drogas.

 

Jéssica Gomes Pereira, 21 anos, além de sua participação na quadrilha de estelionatários, ela tem várias ações criminosas capitaneadas pelo seu ex-companheiro Adriano, recentemente, no dia 21 de julho, foi presa em flagrante delito pela Polícia Militar em Lavras, após adulterar a carteira de identidade da vítima (inserindo sua fotografia no RG da vítima) e, passando-se por ela, utilizar de cartão de crédito em lojas de departamento em Lavras no afã de realizar compras de mercadorias de alto valor de mercado, todavia, apesar de seu indiciamento, foi colocada em liberdade provisória alguns dias depois.


Sthefânia Oliveira Silva, de 26 anos, recentemente, no dia 28 de junho, após se separar de Felipe de Oliveira Mello, entendeu por bem invadir a casa deste último, onde passou a residir com sua mãe e, mediante violência, arrebatar do local uma TV LED, pois se julgava dona do bem, quando então ocorreu uma confusão generalizada, onde todos se agrediram e se lesionaram mutuamente, e os envolvidos foram conduzidos até a Depol e depois de ouvidos pelo delegado de plantão, todos foram presos em flagrante.


José Silvio de Oliveira, 72 anos possui grande quantidade de passagens criminosas e condenações, apesar da idade, insiste em continuar na delinquência.

 

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

PM persegue e prende ladrão nos telhados de casas em condomínio em Lavras
Surto de Covid fecha temporariamente a CDL de Lavras
Cemig abre inscrições para estágio em Lavras e mais 12 cidades
Atleta lavrense Sthéfanie Tiele foi contratada para jogar no CS Madeira, em Portugal
Lar Augusto Silva inicia campanha para construção de câmara fria
Câmera registra o momento em que homem furta microfone em igreja de Lavras
Atleta de Futsal de Perdões morre em acidente com motocicleta na BR-381
Acidente em Lavras entre carro e motocicleta deixa motociclista ferido
Fim do convênio Ufla-Prefeitura de Lavras ocorrido ano passado está tendo reflexo negativo para a população agora
Atleta lavrense vai disputar no final do mês a Copa do Mundo de Strongman
Cão cai no ribeirão da Zona Norte em Lavras e é resgatado pelo Corpo de Bombeiros
Lavrense morre depois de ser atropelado por uma bicicleta em Campo Belo
Prefeitura de Lavras publica decreto com restrições visando conter avanço da Covid-19
LabCovid/Ufla/Lavras amplia o número de municípios atendidos para diagnóstico da Covid-19
Conselho de Entidades da Ufla pede, através de ofício à Prefeitura, medidas para conter Covid

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras