Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Saúde /


Publicada em: 16/02/2021 10:09 - Atualizada em: 16/02/2021 12:39
Vereador Possato protocolou pedido de instauração da CPI das Vacinas em Lavras
A principal justificativa é a negativa da Prefeitura de Lavras em divulgar a lista de vacinados, o que impede a fiscalização

Vereador Marcos Possato, que protocolou na secretaria da Câmara Municipal o pedido da CPI das Vacinas. Imagem de arquivo do Jornal de Lavras

.


Diário da obra Dê play para ver

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A prefeita Jussara Menicucci, com apenas 47 dias de governo, poderá já ter que enfrentar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), é a CPI das Vacinas, que tem como objetivo apurar se teve ou não fura-filas da vacina em Lavras. O pedido da CPI foi protocolado na noite de ontem, segunda-feira, dia 15, na secretaria da Câmara Municipal, o pedido foi assinado pelo vereador Marcos Possato.

Dificilmente a Chefe do Executivo vai conseguir, com sua base de apoio na Câmara, barrar esta CPI, isso porque os vereadores estão numa situação complicada: se por um lado agradam a Chefe do Executivo barrando a CPI, por outro lado desagradará em muito a população lavrense, que tem insistentemente exigido a transparência no processo de imunização contra a Covid-19 no município.

As denúncias de que tiveram "fura filas" na campanha de vacinação são cada vez mais crescentes e a população quer saber quem são estes possíveis aproveitadores, por que fizeram isso e principalmente quem favoreceu essa irregularidade.

O desgaste começou quando a Prefeitura de Lavras se recusou a divulgar, conforme havia sido prometido, a lista com todos os nomes, profissão e local de trabalho de todos que receberam a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. A recusa, deixou no ar a pergunta: isso está sendo feito para acobertar irregularidades?

Pressionada para divulgar a lista prometida pela assessoria de imprensa da prefeitura, a diretora do setor, a jornalista Liza Fávaro, disse que o secretário Municipal de Saúde, Hermógenes Vaneli, não havia ainda entregado a lista para ser publicada.

Passados alguns dias, uma servidora da Secretaria Municipal de Saúde, a pedido do secretário Vaneli, gravou um vídeo dizendo que por orientação do Ministério Público, a Prefeitura não poderia dar publicidade à lista para não expor os nomes de quem recebeu o imunizante.

A situação se agravou quando o Ministério Público Estadual, através de sua assessoria de imprensa em Belo Horizonte, desmentiu a versão da Prefeitura de Lavras.

Agora o pedido chegou até o Poder Legislativo e a população está cada vez mais interessada em saber se existiu mesmo os "fura-filas" da vacina em Lavras.

A CPI é a oportunidade de passar a limpo e dirimir a dúvida se teve irregularidades. Caso isso não tenha ocorrido, a divulgação da lista é a oportunidade da Prefeitura de Lavras cessar estes rumores, rumores estes que também recaem sobre os vereadores, pois existem denúncias de "fura-fila" contra alguns parlamentares. Os vereadores que não assinarem a CPI, correm o risco de serem suspeitos de terem "furado fila" ou favorecido essa irregularidade.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Casal que vendia droga pelo sistema delivery e recebia com cartão foi preso em Lavras
IBGE vai contratar 106 pessoas em Lavras para a realização do Censo 2021
Gasolina e óleo diesel terão reajuste nesta sexta-feira; este é o quarto reajuste do ano
SES vai suspender cirurgias eletivas não essenciais em todo o estado por causa da Covid
Procura por agricultor de Lavras que estava desaparecido chega ao fim de forma trágica
Vereador Possato protocolou pedido de instauração da CPI das Vacinas em Lavras
LabCovid: Ufla explica como funciona o laboratório - veja vídeo
Copasa pode ter que devolver cobrança a mais de 500 mil consumidores
Acidente na BR-265 destrói 16 doses de vacina contra Covid
Ladrões furtaram bobinas de fios de cobre para vender como sucata em Lavras, material avaliado em R$ 10 mil

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras