Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Diversos /


Publicada em: 07/02/2021 16:20 - Atualizada em: 07/02/2021 23:29
Homem foi preso em flagrante no Sul de Minas após espancar uma cadela
O crime aconteceu em Pouso Alegre. A cadelinha não resistiu aos ferimentos e morreu

A cadelinha de 7 meses, de nome Ricca, não resistiu as agressões e morreu. Foto: Terra de Mandu

.

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Os moradores de Pouso Alegre estão indignados com um rapaz de 26 anos, isso porque o site de notícias daquela cidade, o Terra de Mandu, publicou na manhã de hoje, domingo, dia 7, uma notícia sobre maus-tratos a uma cadelinha de 7 meses, o crime aconteceu na noite de ontem, sábado, dia 6.

O rapaz mora num apartamento de um prédio no bairro Santa Edwiges. Na noite de ontem ele começou a espancar a cadelinha e os vizinhos, inconformados com os gritos do animal, foram até seu apartamento e bateram na porta. Quando ele abriu uma fresta, os moradores invadiram o apartamento, retiraram a cadelinha e a levaram a uma clínica veterinária, onde foi constatado fratura nas costelas e havia hematomas de agressões anteriores.

Os vizinhos acionaram a Polícia Militar do Meio Ambiente que foi até o condomínio e prendeu o rapaz. Ele foi conduzido até a delegacia de Polícia Civil e teve sua prisão decretada pelo delegado de plantão, conforme a nova Lei 14.074/2020 de maus-tratos a animais, que prevê dois anos a cinco anos de prisão.

A situação do rapaz se complicou na madrugada de hoje, quando a clínica veterinária informou que a cadelinha de sete meses, de nome Ricca, não resistiu às agressões e morreu.

Na manhã de hoje o agressor foi encaminhado para o presídio de Santa Rita do Sapucaí para cumprir a quarentena da pandemia, antes de ser conduzido ao presídio de Pouso Alegre.

A alteração na Lei Crimes Ambientais foi sancionada em setembro do ano passado pelo presidente Jair Bolsonaro. O crime de maus-tratos a animais, que constava no artigo 32 da Lei de 9.605/98, previa pena de três meses a um ano de reclusão, além de multa. Agora, como define o texto, a prática de abuso e maus-tratos a animais será punida com pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e a proibição de guarda.

O síndico do condomínio contou à polícia que o rapaz morava no prédio há dois meses, e mesmo com o curto tempo de moradia, ele já havia apresentado histórico de agressões. Segundo o síndico, em uma ocasião os moradores do prédio chamaram a polícia para o rapaz que estava agredindo a namorada e naquela mesma noite a cadelinha também foi agredida.

Na delegacia o rapaz contou ao delegado que ele havia comprado a cadela para presentear a namorada, porém, como o namoro havia sido desfeito, a cachorrinha continuava no apartamento dele.

Se você conhece alguém que maltrata animais, que mantém animais presos em condições precárias, não hesite em denunciar, sua denúncia será mantida em sigilo total, ligue para 190 ou para 3829-2100, na Polícia Militar do Meio Ambiente e faça sua denúncia.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Copasa anuncia ampliação do sistema de abastecimento de água em Lavras
Professor Scolforo deixará a vice-reitoria da Ufla na próxima semana e explicou motivos em sua carta de renúncia
Corpo de Bombeiros de Lavras resgata ciclista que se acidentou na noite desta segunda-feira
Vereador Bira foi eleito presidente da Câmara Municipal de Lavras
Prefeitura de Lavras publica novo decreto sobre o funcionamento das atividades comerciais no município
Covid matou 5 políticos neste final de semana, três deles no Sul de Minas
Colisão entre motocicletas no centro de Lavras deixa motociclista gravemente ferido
Quatro homens, sendo um armado, assaltaram uma residência em Lavras
Governo do Estado decide que o Sul de Minas continua na onda roxa por pelo menos mais uma semana
Equipe de cardiologia do Hospital Vaz Monteiro realizou cirurgia inédita no interior de Minas
Lote de vacinas que chega nesta terça-feira em Lavras será usado para segunda dose
Vereador Lauro Mesquita protocola pedido da CPI do Cislav na Câmara Municipal
Denúncias envolvendo irregularidades no Cislav poderão desencadear demissões e até CPI
Petrobrás anuncia novo aumento no botijão de gás a partir desta sexta-feira
Ambulância foi destruída em incêndio na Zona Sul de Lavras - veja vídeo

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras