Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Saúde /


Publicada em: 26/01/2021 18:47 - Atualizada em: 26/01/2021 19:21
Três autoridades de Ijaci estão sendo chamadas de "fura-fila" da vacinação
Três pessoas receberam a dose do imunizante e, de acordo com a orientação, não são da linha de frente do combate a Covid-19

Câmara Municipal de Ijaci, onde o prefeito Fabiano Moretti esteve ontem e confirmou que recebeu a dose do imunizante, mas, segundo ele, por ser prefeito e ter contato com muita gente, imaginou que poderia ser imunizado

.


Diário da obra Dê play para ver

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Em meio a falta de vacinas contra a Covid-19 no Brasil, com números reduzidos de doses do imunizante, um problema tem preocupado especialistas: a vacinação de pessoas que não compõem os grupos prioritários, considerados "fura fila".

No Brasil, até o momento, foram distribuídas 6 milhões de doses da CoronaVac, a vacina do Instituto Butantan com a empresa chinesa Sinovac. Este número é considerado muito baixo para a população brasileira, a orientação é de que elas sejam destinadas exclusivamente para àqueles que são considerados prioridades, pessoas que atuam na linha de frente do combate à doença.

Porém, esta regra restritiva não foi seguida por muitas prefeituras do Brasil, e muita gente tomou a vacina mesmo não fazendo parte do grupo prioritário. Denúncias surgiram em todo o Brasil.

Na região de Lavras, a cidade de Ijaci, recebeu apenas 17 doses do imunizante, mas três foram ministradas em pessoas que não estão na linha de frente, foram elas: o prefeito Fabiano Moretti (foto), a vice-prefeita Maria Horaci de Oliveira, a Fia, como é conhecida, e o secretário Municipal de Saúde Rodolfo de Oliveira Costa.

Ontem o prefeito Fabiano esteve na Câmara Municipal de Ijaci, ele confirmou que recebeu a primeira dose da vacina, bem como a vice-prefeita e o Secretário de Saúde. Fabiano disse que não foi orientado sobre isso, ele alegou também que se considera na linha de frente, pois recebe muita gente em seu gabinete, se expõem muito e além disso, sua esposa está grávida.

Quanto a dose do imunizante recebido pela vice-prefeita Fia, ele alegou que ela tem 75 anos e é do grupo de risco. Já o secretário de saúde, Rodolfo de Oliveira, segundo Fabiano, ele está atuando na linha de frente de combate a pandemia.

Fabiano disse também que não é possível reverter a situação, senão faria isso e pediu desculpas pelo o que ele chamou de mal-entendido. O prefeito Fabiano e o secretário de Saúde de Ijaci, acabam se envolvendo com pessoas infectadas, Ijaci é uma cidade pequena e eles são frequentemente requisitados. 

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Casal que vendia droga pelo sistema delivery e recebia com cartão foi preso em Lavras
IBGE vai contratar 106 pessoas em Lavras para a realização do Censo 2021
Gasolina e óleo diesel terão reajuste nesta sexta-feira; este é o quarto reajuste do ano
SES vai suspender cirurgias eletivas não essenciais em todo o estado por causa da Covid
Procura por agricultor de Lavras que estava desaparecido chega ao fim de forma trágica
Vereador Possato protocolou pedido de instauração da CPI das Vacinas em Lavras
LabCovid: Ufla explica como funciona o laboratório - veja vídeo
Copasa pode ter que devolver cobrança a mais de 500 mil consumidores
Acidente na BR-265 destrói 16 doses de vacina contra Covid
Ladrões furtaram bobinas de fios de cobre para vender como sucata em Lavras, material avaliado em R$ 10 mil

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras