Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Diversos /


Publicada em: 06/01/2021 07:33 - Atualizada em: 06/01/2021 12:09
Mais informações sobre o assassinato do estudante da Ufla que estava desaparecido
O rapaz foi morto pelo próprio irmão, que depois enrolou o corpo num lençol e desovou em um canavial

Local onde o corpo do estudante da Ufla foi encontrado. Fotos Luiz Zardini, jornal A Gazeta de Linhares

.


Diário da obra Dê play para ver

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

O estudante de engenharia florestal, Marcos Gabriel Braz Lima, de 24 anos, que estava desaparecido desde o dia 29 de dezembro, foi encontrado morto na tarde de ontem, terça-feira, dia 5, em um canavial de uma agroindústria, na região 5 de Linhares, norte do Estado. O irmão mais velho da vítima confessou ter matado Marcos com golpes de marreta - e não de faca como divulgado antes - após uma briga dentro da casa onde eles moravam com a mãe, a professora Maria do Carmo Braz, conhecida na cidade como Nina.

No dia 29 de dezembro, terça-feira, o irmão de Marcos Gabriel, Marcos André, de 26 anos, encontrou a mãe morta. No mesmo dia, Marcos Gabriel desapareceu e familiares acreditavam que ele havia saído sem rumo por não aceitar a morte da mãe, com quem ele era muito ligado.

O pai dos dois, Marco Antônio Lima, foi à polícia e registrou um boletim de ocorrência do desaparecimento do filho mais novo, e também promoveu uma campanha nas redes sociais para localizar o filho, inclusive fotos do rapaz foram enviadas aos órgãos de imprensa em Lavras, já que Marcos Gabriel era estudante da Universidade Federal de Lavras (Ufla).

A polícia capixaba desconfiou da história contada pelo irmão e ele acabou confessando que discutiu com Marcos Gabriel na casa em que eles moravam junto da mãe, no bairro Conceição, em Linhares, e que em dado momento, ele desferiu vários golpes com uma marreta no irmão, depois enrolou o seu corpo em um lençol, carregou até a garagem e colocou o corpo no porta-malas de um carro Fiat Uno, depois saiu e desovou o corpo no canavial.

O rapaz levou a polícia ao local onde havia deixado o corpo, ele disse também que a marreta usada no crime foi jogada no canavial, mas a polícia não encontrou a arma do crime. O corpo do irmão estava em avançado estado de decomposição, ele foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Vitória, onde passará por necropsia.

O crime foi descoberto pelo chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares, delegado Fabrício Lucindo. O delegado disse que o irmão da vítima confessou o crime e foi preso, ele foi encaminhado ao presídio Regional de Linhares na noite de ontem.

A polícia quer saber por que os dois discutiram e o que levou o irmão ao extremo. O delegado Fabrício Lucindo, devido aos acontecimentos, vai pedir a exumação do corpo da mãe dos rapazes para saber mais sobre a causa de sua morte.

Marcos era estudante da Ufla e, devido a pandemia, não está tendo aula presencial, então ele havia voltado para sua casa em Linhares. 

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Casal que vendia droga pelo sistema delivery e recebia com cartão foi preso em Lavras
IBGE vai contratar 106 pessoas em Lavras para a realização do Censo 2021
Gasolina e óleo diesel terão reajuste nesta sexta-feira; este é o quarto reajuste do ano
SES vai suspender cirurgias eletivas não essenciais em todo o estado por causa da Covid
Procura por agricultor de Lavras que estava desaparecido chega ao fim de forma trágica
Vereador Possato protocolou pedido de instauração da CPI das Vacinas em Lavras
LabCovid: Ufla explica como funciona o laboratório - veja vídeo
Copasa pode ter que devolver cobrança a mais de 500 mil consumidores
Acidente na BR-265 destrói 16 doses de vacina contra Covid
Ladrões furtaram bobinas de fios de cobre para vender como sucata em Lavras, material avaliado em R$ 10 mil

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras