Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Educação /


Publicada em: 09/11/2020 09:17 - Atualizada em: 09/11/2020 13:11
Ufla se destaca, pelo segundo ano, no concurso do Centro Brasileiro da Construção de Aço
O desafio lançado era construir uma ponte de aço de 780 metros

Equipe responsável

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Estudantes de diversos períodos do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de Lavras (Ufla) pa6rticiparam da 2ª edição do Concurso Centro Brasileiro da Construção de Aço (CBCA) e foram premiados com Menção Honrosa pelo projeto desenvolvido para o tema "Segunda ponte entre o Brasil e o Paraguai".

Apesar das dificuldades encontradas, a equipe liderada pelos professores do Departamento de Engenharia (DEG) Maykmiller Carvalho Rodrigues (orientador) e Diogo Tubertini Maciel (co-orientador) desenvolveu toda a estrutura em aproximadamente quatro meses, e concorreu com mais 15 projetos de diversas instituições nacionais de ensino superior.

Estimular o aprendizado dos estudantes é ponto-chave do concurso: geralmente, são explorados temas não abordados durante a graduação, mesclando a realidade do mercado de trabalho com a vivência acadêmica. O desafio lançado era construir uma ponte de aço de 780 metros. 

De acordo com o estudante do 10º período João Henrique Braga da Silva, "desenvolver projetos de status praticamente profissional nos prepara melhor para o mercado de trabalho. Nesse concurso, enxergamos o desafio que um profissional da engenharia precisa enfrentar ao realizar uma tarefa da qual, inicialmente, não se tem o conhecimento; a proposta é estudada, avaliada, adquirida e executada", comentou.

Devido à pandemia, o projeto foi praticamente todo desenvolvido por meio de reuniões por vídeo chamadas na plataforma do Google. "Tivemos poucas reuniões presenciais em função do distanciamento social, os membros da equipe se encontravam em suas respectivas cidades. Mesmo assim, houve empenho e dedicação para conclusão do projeto", relatou Fabiana Aparecida Blanco, estudante do 5º período.

De acordo com professor Maykmiller, "eventos assim são alavancas extraordinárias para melhorar ainda mais a formação dos nossos estudantes. No início, encontramos algumas dificuldades, pois se tratava de algo que a equipe nunca havia tido contato, além de apenas um membro haver cursado a disciplina de Estruturas Metálicas, que era peça-chave para desenvolvimento de todo conceito do projeto. A dimensão da ponte, com cerca de 780 metros, também foi um fator que nos fez estudar e planejar ainda mais, já que não é algo convencional, e nem visto na graduação, gerando desafios até mesmo para um profissional formado. Ainda assim, conseguimos desenvolver toda estrutura mesclando dois sistemas de construção típicos: o estaiado e o treliçado, fator que nos deu grande destaque, pois se trata de algo inovador na construção utilizando aços".

Vencer os obstáculos e trabalhar em equipe fez toda diferença na conclusão do projeto: "aprendemos a trabalhar como um verdadeiro time, apoiando uns aos outros, não apenas no projeto em questão, mas na vida acadêmica e pessoal, já que em diversos momentos tivemos que enxergar as dificuldades e empecilhos de cada envolvido, motivando sempre toda equipe", disse o estudante do 7º período Vinicius Neves de Sousa. 

Desenvolver projetos inéditos e que desafiem estudantes e docentes é uma boa forma de avaliar a interação existente mesmo fora da sala de aula. "Receber o prêmio foi o reconhecimento pelo trabalho árduo da equipe da Ufla; por meio dele, é possível transmitir a toda a sociedade o trabalho sério que está sendo desenvolvido na universidade, mostrando que ela está bem estruturada e com ensino de qualidade, proporcionando aos estudantes o reconhecimento em um concurso de nível nacional", concluiu o professor Diogo.

A equipe envolvida no projeto é composta pelos professores: Maykmiller Carvalho Rodrigues (orientador) e Diogo Tubertini Maciel (co-orientador), e pelos estudantes: Pedro Henrique Andrade de Lima (8º período); Guilherme Micael Carvalho Souza (7º período); Fabiana Aparecida Blanco (5º período); Sabrina Candiani (6º período); Vinicius Neves de Sousa (7º período) e João Henrique Braga da Silva (10º período).

Em abril de 2019, a equipe da UFLA, também orientada pelos professores Maykmiller Carvalho Rodrigues e Diogo Tubertini Maciel, ficou em 1º lugar na edição de estreia do concurso realizado pelo Centro Brasileiro da Construção de Aço (CBCA), com a construção de uma passarela de aço a ser executada pelo DNIT. 

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Secretário de Estado de Saúde visitou Lavras, ele veio conhecer a estrutura do LabCovid Estrelas do motociclismo manifestaram sobre a morte do piloto lavrense Tunico Maciel
   
Seis candidatos a vereador em Lavras com patrimônio igual ou superior a R$ 300 mil receberam auxílio emergencial Lavras de luto: morreu o piloto da Honda Tunico Maciel
   
Ufla se destaca, pelo segundo ano, no concurso do Centro Brasileiro da Construção de Aço Polícia Civil prende criminosos na BR-381, em Oliveira, acusados de incendiar cegonheiras
   
Ufla obtém resultados de excelência no Enade Agência da Copasa em Lavras voltou com o atendimento presencial, mas com restrições
. .
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras