Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Meio Ambiente /


Publicada em: 15/10/2020 13:21 - Atualizada em: 15/10/2020 15:17
Cuidados que devem ser tomados ao dirigir em locais com fumaça de queimada
Empresa que administra mais de 3,2 mil km de rodovias alerta que, em locais com baixa visibilidade por conta das queimadas, é preciso cautela para evitar acidentes

Imagem ilustrativa

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Muitos acidentes em rodovias nesta época do ano ocorrem devido à grande quantidade de queimadas, a fumaça impede dificulta a visão do motorista, com o tempo seco e as temperaturas elevadas em grande parte do País, não é difícil encontrar focos de queimadas ao longo das rodovias. Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que o mês de agosto registrou o maior número de focos de incêndio no Brasil em 2020. Dos 44.013 focos de queimadas registrados este ano, 29.307 ocorreram entre os dias 1º e 31 de agosto, ou seja, 66,5% do total. O número ficou um pouco abaixo do mesmo período de 2019, quando foram 30.900 focos.

Para os motoristas, dirigir nessas condições é um desafio, pois a perda de visibilidade é muito grande, o que se torna perigoso. Por isso, a Arteris, uma das principais empresas de concessão de rodovias do Brasil, que promove ações de conscientização de direção segura, fez uma publicação alertando os motoristas profissionais, pedestre e demais usuários ao se depararem com focos de fumaça na pista.

De acordo com a publicação da concessionária Arteris, o motorista, ao deparar com uma queimada às margens da rodovia, deve adotar uma direção defensiva, ao avistar fumaça é reduzir a velocidade. Respeite sempre os limites de velocidade da via, e, em caso de baixa visibilidade, reduza a velocidade a níveis ainda mais seguros de direção. Quando a visibilidade está comprometida, diminuir a velocidade proporciona mais tempo de reação no caso do motorista ser surpreendido por outro veículo, pessoa ou animal.

O motorista e passageiros devem cuidar da qualidade do ar no interior do veículo, evitando que os passageiros respirem a fumaça. Se o ar-condicionado estiver ligado, ative a recirculação do ar.

Outro ponto importante nesta situação é cuidar para manter e/ou aumentar a distância do veículo à frente, o que trará mais segurança em uma frenagem de emergência. Tenha atenção redobrada no período noturno, quando a visibilidade já é naturalmente menor.

Use sempre os faróis baixos, conforme determina o Código Brasileiro de Trânsito. Em casos de baixa visibilidade por fumaça, nunca ligue o farol alto, pois ele acaba refletindo nas pequenas gotículas do ar e fuligem, ofuscando ainda mais a visibilidade do motorista e do outro veículo que estiver vindo em sentido contrário.

A Arteris recomenda ao condutor do veículo que em hipótese alguma o motorista deve parar o carro na via ou utilizar o pisca alerta com o veículo em movimento. O acostamento só deve ser utilizado em caso de emergência e com o pisca alerta ligado. Ao tomar essas atitudes, o motorista evita engavetamentos e colisões.

Jamais use o pisca-alerta em movimento, somente quando estiver com o veículo parado no acostamento. Acione o pisca-alerta apenas em caso de emergência ou pane. Caso contrário, isso causará confusão para o motorista que estiver atrás - que poderá ter a impressão de que o seu veículo está parado na pista de rodagem ou sinalizando uma mudança de pista, aumentando o risco de acidente.

Importante também é evitar se expor à fumaça, se for possível observar que um trecho a frente está comprometido com fumaça, busque um lugar seguro, como postos de serviços. Ao trafegar, se conseguir enxergar através da fumaça, dirija devagar e com os faróis e lanternas ligados. Não se arrisque se a visibilidade estiver muito prejudicada, busque um local para estacionar e espere a condição da via melhorar. Procure ainda, saber condições prévia da via. Você pode conferir as condições das concessionárias da Arteris pelas redes sociais.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Inaugurado na Ufla, o LabCovid, que realizará exames de diagnóstico da Covid - veja fotos Ufla, em parceria internacional, realiza pesquisa inédita sobre a reconstrução do clima da Amazônia
   
Vacinação contra sarampo para jovens e adultos em Lavras vai até o dia 30 Bombeiros de MG atenderam a 40 afogamentos nos 12 primeiros dias de outubro
   
Golpe do "seu cartão foi clonado" faz mais uma vítima em Lavras Há 90 anos os lavrenses testemunharam o primeiro acidente aéreo do Sul de Minas
.

Flashes de Notícias

.  

Blog Sabrina Cicareli:

Decoração da minha Kitnet Tudo de Bom no Os Mais Influentes Revista Elitte 2019
   
Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras