Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia /


Publicada em: 27/06/2011 21:33 - Atualizada em: 28/06/2011 11:15
Homem que cortou o pescoço de outro em Bom Sucesso, foi trazido para a Depol de Lavras
Um crime assustador, um homem utilizando de um podão corta o pescoço de outro na zona rural de Bom sucesso.

    

        Foto ilustrativa

 

Quer comprar, vender ou alugar um imóvel? O Jornal de Lavras tem CLICK IMOVEIS. Quer saber? Clique aqui.

A Polícia Militar do Pelotão do 8º Batalhão em Santo Antônio do Amparo foi procurada na madrugada de hoje, segunda-feira, 27, pela comerciante Eusa Magalhães, de 55 anos, que relatou que ao chegar a sua propriedade, na zona rural de Bom Sucesso, estranhou a quantidade de luzes acesas. Ela então foi procurar o seu caseiro Vicente Donizete, de 55 anos, natural de Santo Antônio do Amparo, quando deparou com ele caído ao solo sob uma poça de sangue. Imediatamente ela saiu em disparada e procurou a polícia.

Os militares foram até o local e encontraram o caseiro já sem vida e com o pescoço cortado, além de dois grandes cortes na cabeça. A proprietária do sítio contou à polícia que no sábado, dia 25, um vizinho havia procurado o seu caseiro e com uma arma na mão ele havia dito: "eu te mato neguinho e ainda corto o seu pescoço".

A PM foi até a casa do suspeito Oswaldo Pereira, de 66 anos, natural de Nazareno (MG) e ele negou tudo, disse que passou o dia num terreiro de café e que depois foi jantar na casa de uma pessoa de nome "Nazaré", que segundo ele, residia em Bom Sucesso. Na casa do suspeito a PM encontrou um podão, arma que a polícia acredita ter sido usada para matar Vicente Donizete.

A PM prendeu Oswaldo depois que ele caiu em contradição, quando disse que nunca teve arma de fogo, que nunca havia colocado a mão numa arma. Os militares consultaram a ficha corrida de Oswaldo e constataram que contra ele havia um  mandado de prisão exatamente por porte ilegal de arma de fogo.

Ele foi trazido para a 1ª Delegacia Regional de Polícia (Depol), do 6º Departamento de Polícia Civil, com sede em Lavras. Também foi trazida para a Depol de Lavras a arma que supostamente pode ter sido usada no crime. Oswaldo foi preso em flagrante.

A Polícia Técnica da 1ª Depol de Lavras compareceu ao local do homicídio e realizou o trabalho de praxe, liberando o corpo para a necropsia.

Clique aqui e comente esta notícia no Facebook do Jornal de Lavras

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras