Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


/ Tecnologia /


Publicada em: 17/08/2020 12:01 - Atualizada em: 17/08/2020 16:43
Programa A Voz do Brasil: conheça sua história e veja o que Decreto de Bolsonaro alterou
Medida agrada emissoras, veja o que mudou no programa que é o mais antigo do Brasil

"Em Brasília são 19 horas, no ar, A Voz do Brasil", em seguida, a vinheta mais veiculada no país, há 85 anos, da ópera O Guarany, de Carlos Gomes

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

O presidente da República, Jair Bolsonaro, publicou na quarta-feira, dia 12, no Diário Oficial da União (DOU), o Decreto Nº 10.456, que permite que as emissoras de rádios comerciais flexibilizem o programa "A Voz do Brasil" entre 19h e 21h, exceto aos sábados, domingos e feriados.

O decreto estabelece que as emissores de rádio ficam obrigadas a veicular, todos os dias, às 19h, exceto aos sábados, domingos e feriados, inserção que informe sobre o horário de transmissão de a Voz do Brasil. O texto também prevê que o Ministério das Comunicações vai poder flexibilizar ou dispensar, por tempo determinado, a retransmissão do programa. 

A flexibilização permitiria a transmissão do programa no mesmo dia, mas em horários diversos. Já a dispensa, desobrigaria a retransmissão do programa em qualquer horário em determinado dia. 

Todo brasileiro conhece o programa "A Voz do Brasil", mas poucos conhecem sua história. "A Voz do Brasil" é o programa radiofônico mais antigo do país, ele tem 85 anos. O programa traz informativos oficiais produzidos pelo Poder Executivo, Legislativo e Judiciário, além de órgãos governamentais. No ar de segunda-feira a sexta-feira, o conteúdo é produzido pela Empresa Brasil de Comunicação. Ele é veiculado obrigatoriamente por todas as estações de rádio brasileiras, o programa tem como objetivo divulgar os acontecimentos políticos do país, além de destacar os atos e realizações do governo em exercício.

A Voz do Brasil foi transmitida pela primeira vez em 1935, na época, com o nome de "Programa Nacional" e foi idealizado por Armando Campos, um amigo de infância do presidente Getúlio Vargas, ele, juntamente com o DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda). O programa tinha como objetivo dar mais visibilidade a Getúlio.

O Programa Nacional mudou de nome em 1938, passou a se chamar "A Hora do Brasil", nome que permaneceu até 1971, quando no governo do presidente Emílio Garrastazu Médici, passou a se chamar "A Voz do Brasil", nome que permanece até hoje. A música de abertura é o Guarany, de Carlos Gomes.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Polícia Civil desmantela quadrilha de estelionatários em Lavras - veja fotos
PM identificou homem que fez incitação criminosa contra policiais em Lavras
Marília Mendonça já estava contratada para fazer show em Lavras no próximo LRF; anúncio seria feito na semana que vem
Mulher de Lavras perdeu o celular e fez BO de roubo para aplicar golpe na seguradora
Divulgação sobre a instalação de empresa indiana em Lavras gerou questionamentos nas redes sociais
Rayanna Lima, a Princesa Teen Lavras 2020, venceu o concurso de Miss Minas Gerais Unificado 2021 em BH
PM prende no centro de Lavras, homem acusado de estupro em Itutinga
Autoridades já identificaram 15 dos 26 corpos do bando do "novo cangaço"
Bombeiros de Lavras atenderam acidente com caminhão carregado com diesel em Macaia
Confronto entre polícia e bandidos termina com 25 mortos em Varginha
Aumentou o número de cientistas da Ufla no ranking dos mais influentes do mundo
Receita Federal encontra inconsistência em declarações de empresas de Lavras
Ufla é a instituição de Minas Gerais com maior porcentual de cursos 5 estrelas
Vestibular de bolsas do Unilavras está com inscrições abertas
Polícia Civil recupera carga de sucata furtada e prende três pessoas em Lavras
Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras