Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Tecnologia /


Publicada em: 17/08/2020 12:01 - Atualizada em: 17/08/2020 16:43
Programa A Voz do Brasil: conheça sua história e veja o que Decreto de Bolsonaro alterou
Medida agrada emissoras, veja o que mudou no programa que é o mais antigo do Brasil

"Em Brasília são 19 horas, no ar, A Voz do Brasil", em seguida, a vinheta mais veiculada no país, há 85 anos, da ópera O Guarany, de Carlos Gomes

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

O presidente da República, Jair Bolsonaro, publicou na quarta-feira, dia 12, no Diário Oficial da União (DOU), o Decreto Nº 10.456, que permite que as emissoras de rádios comerciais flexibilizem o programa "A Voz do Brasil" entre 19h e 21h, exceto aos sábados, domingos e feriados.

O decreto estabelece que as emissores de rádio ficam obrigadas a veicular, todos os dias, às 19h, exceto aos sábados, domingos e feriados, inserção que informe sobre o horário de transmissão de a Voz do Brasil. O texto também prevê que o Ministério das Comunicações vai poder flexibilizar ou dispensar, por tempo determinado, a retransmissão do programa. 

A flexibilização permitiria a transmissão do programa no mesmo dia, mas em horários diversos. Já a dispensa, desobrigaria a retransmissão do programa em qualquer horário em determinado dia. 

Todo brasileiro conhece o programa "A Voz do Brasil", mas poucos conhecem sua história. "A Voz do Brasil" é o programa radiofônico mais antigo do país, ele tem 85 anos. O programa traz informativos oficiais produzidos pelo Poder Executivo, Legislativo e Judiciário, além de órgãos governamentais. No ar de segunda-feira a sexta-feira, o conteúdo é produzido pela Empresa Brasil de Comunicação. Ele é veiculado obrigatoriamente por todas as estações de rádio brasileiras, o programa tem como objetivo divulgar os acontecimentos políticos do país, além de destacar os atos e realizações do governo em exercício.

A Voz do Brasil foi transmitida pela primeira vez em 1935, na época, com o nome de "Programa Nacional" e foi idealizado por Armando Campos, um amigo de infância do presidente Getúlio Vargas, ele, juntamente com o DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda). O programa tinha como objetivo dar mais visibilidade a Getúlio.

O Programa Nacional mudou de nome em 1938, passou a se chamar "A Hora do Brasil", nome que permaneceu até 1971, quando no governo do presidente Emílio Garrastazu Médici, passou a se chamar "A Voz do Brasil", nome que permanece até hoje. A música de abertura é o Guarany, de Carlos Gomes.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Ufla obtém resultados de excelência no Enade Agência da Copasa em Lavras voltou com o atendimento presencial, mas com restrições
   
Inaugurado na Ufla, o LabCovid, que realizará exames de diagnóstico da Covid - veja fotos Ufla, em parceria internacional, realiza pesquisa inédita sobre a reconstrução do clima da Amazônia
   
Vacinação contra sarampo para jovens e adultos em Lavras vai até o dia 30 Bombeiros de MG atenderam a 40 afogamentos nos 12 primeiros dias de outubro
.

Flashes de Notícias

.  

Blog Sabrina Cicareli:

Decoração da minha Kitnet Tudo de Bom no Os Mais Influentes Revista Elitte 2019
   
Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras