Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia /


Publicada em: 03/08/2020 12:12 - Atualizada em: 03/08/2020 14:58
Homem morreu com um tiro durante caçada de javali no Sul de Minas
Ele foi morto pelo seu amigo, que o confundiu com um javali

Imagem ilustrativa de um javali extraída do site da worldanimalprotection.or.br

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Caçador foi morto por colega após ter sido confundido com um javali, o crime aconteceu na manhã de ontem, domingo, dia 2, em Itanhandu, no Sul de Minas. De acordo com a Polícia Militar, o homem tinha 43 anos e caçava javali com um amigo na zona rural de Itanhandu.

O autor do disparo disse à polícia que primeiro o colega dele atirou em um javali e foi até o animal para conferir se ele tinha sido atingido. O homem contou ainda que viu algo se movimentando na mata, fez um disparo e depois ouviu um pedido de socorro. Foi aí que ele percebeu que atingiu acidentalmente o colega caçador e não o animal.

Ele tentou socorrer o amigo, mas como o local era de difícil acesso, não conseguiu. As armas usadas pela vítima e pelo autor do disparo foram apreendidas. O homem foi levado para a delegacia.

Segundo a Polícia Militar Ambiental, a caça ao javali no Brasil é regulamentada para controle e manejo do animal, que é considerada uma espécie que se reproduz rapidamente e acaba atacando lavouras e plantações. Mas para caçar o javali é preciso ter autorização do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente). Só a caça ao javali é permitida no Brasil, outros animais são proibidos e configuram crime ambiental.

Este tipo de acidente em caça de javalis tem outros registros no país, este ano, um homem foi morto com um disparo de espingarda calibre 12, na zona rural do município de Ribeirão do Pinhal, no Paraná. A vítima fazia parte de um grupo de caçadores de Curitiba que estava procurando javalis no local e acabou sendo confundida com o animal. O autor do disparo disse que tinha visto o animal correndo no meio do milharal e após o tiro notou que tinha atingido o companheiro. A vítima foi levada ao hospital em uma caminhonete, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Outro acidente aconteceu no Rio Grande do Sul, na localidade de Fazenda da Estrela, em Vacaria, nos Campos de Cima da Serra. Um homem de 29 anos foi morto por engano durante uma caçada a javalis. O autor do disparo era parente da vítima e ainda tentou prestar o primeiro socorro. Porém, devido à gravidade do ferimento, ele acabou morrendo no matagal. O primo do caçador morto apresentou-se à Polícia Civil, entregou a arma, foi liberado e responde por homicídio.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Ufla obtém resultados de excelência no Enade Agência da Copasa em Lavras voltou com o atendimento presencial, mas com restrições
   
Inaugurado na Ufla, o LabCovid, que realizará exames de diagnóstico da Covid - veja fotos Ufla, em parceria internacional, realiza pesquisa inédita sobre a reconstrução do clima da Amazônia
   
Vacinação contra sarampo para jovens e adultos em Lavras vai até o dia 30 Bombeiros de MG atenderam a 40 afogamentos nos 12 primeiros dias de outubro
.

Flashes de Notícias

.  

Blog Sabrina Cicareli:

Decoração da minha Kitnet Tudo de Bom no Os Mais Influentes Revista Elitte 2019
   
Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras