Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Meio Ambiente /


Publicada em: 30/07/2020 15:38 - Atualizada em: 30/07/2020 23:55
Cobra foi capturada em bairro de Lavras
A cobra estava no bairro Colinas da Serra, onde ocorrem frequentes queimadas nas proximidades

Cobra jararaca, uma cobra venenosa que foi capturada pelos bombeiros no bairro Colinas da Serra. Foto: Bombeiros Militares

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Com o período de estiagem e baixa umidade do ar, o número de focos de incêndio, normalmente criminosos, aumenta e prejudica não só a vegetação e a saúde das pessoas, mas também os animais que compõem a fauna da região. Em Lavras e região, o número de animais que aparece na cidade fugindo do fogo tem aumentado consideravelmente se comparado com outros períodos de anos anteriores.

O fogo atinge a vegetação que circunda a cidade. Muitos animais não conseguem escapar e morrem queimados, os que fogem vão parar na área urbana. Bichos como cobra, ouriço, lobo, tamanduás e diversas espécies que são as mais prejudicadas com as queimadas, muitas vezes quando conseguem fugir do fogo, morrem atropeladas.

Esta semana a Polícia Ambiental recolheu um tamanduá que foi atropelado na rodovia MG-164, em Candeias. Recentemente foi uma família de capivaras que apareceu na estrada do Madeira e só não foi atropelada porque um motorista parou o seu veículo e afugentou os animais para dentro da mata, as capivaras estavam fugindo de uma queimada do outro lado da pista. As imagens feitas pelo motorista circularam nas redes sociais.

Na manhã de ontem, quarta-feira, dia 29, o Corpo de Bombeiros foi acionado para comparecer ao bairro Colinas da Serra, onde uma cobra serpenteava pela rua. Quando os bombeiros chegaram, constataram que se tratava de uma cobra perigosa, uma jararaca (Bothrops jararaca), o animal tinha em torno de um metro de comprimento.

Os bombeiros capturaram o réptil e o levaram para o serpentário da Polícia Militar do Meio Ambiente. Segundo os bombeiros, este tipo de ocorrência não é comum. As cobras e outros animais saem de seus habitats naturais devido à ação do homem, ou com a especulação imobiliária ou queimadas. 

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Ufla obtém resultados de excelência no Enade Agência da Copasa em Lavras voltou com o atendimento presencial, mas com restrições
   
Inaugurado na Ufla, o LabCovid, que realizará exames de diagnóstico da Covid - veja fotos Ufla, em parceria internacional, realiza pesquisa inédita sobre a reconstrução do clima da Amazônia
   
Vacinação contra sarampo para jovens e adultos em Lavras vai até o dia 30 Bombeiros de MG atenderam a 40 afogamentos nos 12 primeiros dias de outubro
.

Flashes de Notícias

.  

Blog Sabrina Cicareli:

Decoração da minha Kitnet Tudo de Bom no Os Mais Influentes Revista Elitte 2019
   
Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras