Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano /


Publicada em: 21/04/2020 15:03 - Atualizada em: 21/04/2020 20:39
Flexibilização do comércio em Lavras começa nesta quarta-feira - veja vídeo
Parte do comércio será flexibilizado, mas com muitas restrições. Academias, restaurantes, bares e igrejas não farão parte desta flexibilização neste momento

Prefeito José Cherem durante entrevista coletiva na tarde de ontem, em Lavras

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Deverá ser publicado hoje, dia 21, terça-feira, no Diário Oficial do Município (DOM), o decreto que flexibilizará o comércio em Lavras a partir de amanhã, quarta-feira, dia 22, e para falar sobre isso o prefeito José Cherem convocou a imprensa na tarde de ontem (veja vídeo da coletiva no final desta matéria). 

Segundo explicou o Chefe do Executivo, a partir de amanhã poderão funcionar parcialmente os setores da construção civil e os grandes magazines, o funcionamento está autorizado a partir de 8h até às 12h. Depois, das 13 às 16h, será a vez do comércio de roupas, calçados e outros seguimentos como bijouterias, armarinhos, desde que atendam a uma série de condicionantes, como todos trabalhadores do comércio terão, obrigatoriamente, que trabalhar de máscaras. O comércio que descumprir o horário será penalizado com multa.

Os clientes terão que ter disponíveis álcool em gel na entrada e na saída. Os comerciantes só poderão receber obrigatoriamente clientes com máscaras do próprio cliente ou então ofertada pelo comércio. Se a fiscalização pegar uma pessoa sem máscara no comércio, a multa vai para o comerciante.

Os coletivos poderão ocupar todas suas cadeiras, desde que todos os passageiros estejam usando máscaras.

Estão fora desta flexibilização as academias, restaurantes, bares e igrejas.

Segundo Cherem, será feito um acompanhamento pelas autoridades de saúde para os próximos 7 ou 8 dias. A Flexibilização foi possível porque a cidade possui hoje 60% dos leitos das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) vagas e 29 respiradores disponíveis. As condicionantes foram passadas às entidades representativas do comércio, como a CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas) e ACIL (Associação Comercial e Industrial de Lavras), além do Ministério Público, que teve sua concordância.

O Prefeito disse ainda que é importante a participação dos comerciantes e da população, respeitando as regras impostas, disse também que é um modelo de isolamento social ampliado e fazendo uma progressão para ver se consegue chegar a um isolamento mais seletivo. Disse que as mudanças terão de ser paulatinas, que não se pode fazer abruptamente para ver se as medidas mitigatórias vão funcionar de forma satisfatória.

Cherem pediu que os consumidores sejam mais objetivos nas compras, que procurem o comércio sabendo o que vai adquirir, para poder ficar o menor tempo possível no estabelecimento. Ele falou também que representantes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e a Vigilância Epidemiológica vão visitar as lojas e algumas terão de alterar seu layout, como por exemplo, os corredores terão que ter espaço para passar duas pessoas, uma ao lado da outra com facilidade, sem se encostarem umas nas outras.

Disse que professores do Curso de Medicina da Universidade Federal de Lavras (Ufla) vão acompanhar e testar os comerciantes para ver se foram contaminados. Disse que as medidas serão acompanhadas por profissionais para ver se elas realmente funcionam, se dá resultado, se for positivo, será usado pelo município. Falou que o bloqueio social funcionou bem em Lavras, que todos os casos em Lavras são importados.

Ele falou que passar pelo centro da cidade e ver as lojas fechadas não é agradável, que parece um estado de guerra. Disse que se perguntado se o comércio vai permanecer constantemente aberto, ele falou que terá períodos em que as lojas terão que fechar suas portas ou passar por restrição maior, disse que vai depender do número de infectados na cidade e de óbitos.

Disse que o modelo matemático estatístico não é preciso, porque a doença é nova, a epidemia é nova e desconhecida, disse que tudo tem de ser feito agora com o "carro andando" para no futuro termos informações e modelo preciso. Falou das pesquisas em vacina, da cloroquina e disse que é importante que as pessoas saibam que não existe tratamento e nem vacina para a doença. Falou também que os idosos terão de ter mais cuidados com esta flexibilização, pois ficarão mais expostos.

Depois da explanação o Chefe do Executivo respondeu a imprensa. Questionado se as autoridades de saúde trabalham com dois panoramas de otimismo e de pessimismo na questão dos óbitos na cidade, Cherem disse que esse modelo matemático não é muito confiável, mas que basicamente se acredita que 10 a 15% da população vai infectar, o que daria entre 10 e 20 mil pessoas, desses, 10% talvez tenham sintomas, 1% pode ter complicações graves.

Em números, José Cherem disse que numa cidade do porte de Lavras o número de óbitos para um quadro otimista, até 50 mortes e num quadro pessimista, até 500 óbitos. Falou da necessidade do isolamento e de diversas medidas mitigatórias, este modelo de diminuição de aglomeração, de manter o isolamento social, para não colapsar o sistema de saúde. Ele disse que contagiosidade do coronavírus é muito alta, mas a letalidade do Covid-19 não é tão alta, mas o processo de infectar é muitas grande, que se todas as pessoas infectadas precisarem de um atendimento imediato no sistema hospitalar, não será ofertado e muitas pessoas vão morrer.

Mais uma vez o prefeito José Cherem reforçou a necessidade de isolamento social e outras medidas para conter o avanço acelerado da doença e falou sobre a importância também do achatamento da curva. Sobre a proibição do funcionamento flexibilizado na sábado, Cherem explicou que é para evitar o fluxo de pessoas de outras cidades em Lavras. Sobre a chegada do pico da doença a Lavras, ele falou que não existe um modelo matemático para isso.

Perguntado se as medidas tomadas em Lavras, que foram pioneiras na região, foi responsável pelo número menor de infectados hoje na cidade em relação a outras, como Extrema, Pouso Alegre e Varginha, cidades que não tomaram os cuidados devidos no momento certo, ele falou que certamente, pois os seis casos* que temos hoje, são todos importados.

*O prefeito José Cherem, quando concedeu a entrevista, ainda não havia sido comunicado do sétimo caso de contaminação em Lavras, vale lembrar que este caso também foi importado.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Homicídio em Lavras: rapaz morre a pauladas no bairro Nossa Senhora de Lourdes Furto em escola pública de Lavras: PM prendeu um dos ladrões e recuperou os objetos
   
Criminosos armados assaltam casa lotérica em Lavras - veja vídeo PM prende ladrões de gado na cidade de Perdões; animais eram vendidos em Lavras
   
Caixa amplia horário de atendimento das agências para saque de auxílio emergencial Bolsonaro nomeia João Chrysostomo de Resende Júnior como reitor da Ufla
.

Flashes de Notícias:

Jovem de 33 anos falece com suspeita de coronavírus em Lavras Mais um caso de coronavírus confirmado em Lavras
   
Primeiro caso de coronavírus confirmado em Lavras Falecimento de idosa que estava com suspeita de coronavírus em Lavras
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras