Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque / Evento /


Publicada em: 07/12/2019 17:30 - Atualizada em: 08/12/2019 15:35
Penitenciária de Três Corações doa brinquedos e móveis produzidos por detentos
Objetos de madeira fabricados em oficinas dentro da própria unidade beneficiam três escolas públicas e duas instituições assistenciais

Brinquedos e mobílias foram doados pelos detentos da Penitenciária de Três Corações às instituições filantrópicas daquela cidade e de Varginha. Foto: Andrêssa Athanasio

 

.


Diário da obra Dê play para ver

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Cerca de 60 brinquedos pedagógicos e 45 móveis foram doados para escolas públicas e instituições assistenciais de Três Corações e Varginha, no Sul de Minas. As peças são feitas em madeira e fabricadas por 15 presos da Penitenciária de Três Corações, em duas oficinas instaladas dentro da unidade prisional.

Os brinquedos doados são carrinhos, quebra-cabeças, trenzinhos, dados e jogos que ajudam a desenvolver o raciocínio e a capacidade de identificar formas e cores. Dentre os móveis, há estantes, prateleiras, mesas e cadeiras coloridas para crianças e adultos.

As duas oficinas se mantêm em funcionamento por conta do apoio de dois projetos: o Mobiliando Sorrisos e a Fábrica da Alegria. No primeiro, os paletes, doados por empresas da região são desmontados, cortados, lixados, e as peças ganham forma. No segundo, toda a produção ganha cores.

Os projetos Mobiliando Sorrisos e Fábrica da Alegria foram desenvolvidos pela Diretoria de Trabalho e Produção da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), e garantem que o trabalho de internos do sistema prisional beneficie a comunidade local, por meio da doação de brinquedos e mobiliários fabricados com madeiras que seriam descartadas.

Para o diretor-geral da Penitenciária de Três Corações, Maurício Victor da Silva, os projetos demonstram a importância do sistema prisional na sociedade. "Temos a obrigação de contribuir e participar de ações sociais. Estamos inseridos na comunidade - e não isolados. Transformar o cárcere em um local de formação profissional e produção de bens materiais é o caminho para novas perspectivas de vida", justifica o diretor-geral.

A entrega foi na quarta-feira, dia 4, no estacionamento da penitenciária, com a presença de representantes dos beneficiados e a participação dos detentos.

Foram beneficiadas as seguintes instituições de Três Corações: Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) I e II Maristela Meliato e Professora Terezinha Aparecida Vilela Pompeu; Casa da Sopa da Sociedade São Vicente de Paulo; e Escola Municipal Capitão Morbello Vendramini. Em Varginha, a beneficiada foi a Oásis, especializada em atender pessoas com necessidades especiais.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Publicado o decreto de retomada gradual das aulas presenciais das redes pública e particular de Lavras
Rotary Club de Lavras Sul comemora 116 anos de Rotary Internacional - veja fotos
Encontrado o corpo da criança que foi jogada em rio no Sul de Minas
Tamanduá ferido foi resgatado pela PM do Meio Ambiente em Candeias e trazido para Lavras
Casal que vendia droga pelo sistema delivery e recebia com cartão foi preso em Lavras
Gasolina e óleo diesel terão reajuste nesta sexta-feira; este é o quarto reajuste do ano
SES vai suspender cirurgias eletivas não essenciais em todo o estado por causa da Covid
Procura por agricultor de Lavras que estava desaparecido chega ao fim de forma trágica
Vereador Possato protocolou pedido de instauração da CPI das Vacinas em Lavras
LabCovid: Ufla explica como funciona o laboratório - veja vídeo

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras