Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano /


Publicada em: 29/10/2019 21:30 - Atualizada em: 30/10/2019 13:25
Cemig emite nota de esclarecimento sobre o apagão que deixou milhares de lavrenses sem luz
O apagão aconteceu no final da tarde de ontem e a energia foi restabelecida cerca de três horas depois

Imagem ilustrativa extraída do site Rondônia ao Vivo 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

No final da tarde de ontem, segunda-feira, dia 28, uma grande parte da mancha urbana de Lavras ficou sem energia elétrica, milhares de lavrenses ficaram no escuro por cerca de três horas. Hoje, terça-feira, dia 29, a assessoria de imprensa da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) enviou uma nota para a imprensa lavrense esclarecendo o que ocorreu.

Segundo a nota da Cemig, um temporal que desabou em Lavras e nas imediações da cidade, na segunda-feira, dia 28, provocou diversos danos ao sistema elétrico de Lavras, o que causou a interrupção no fornecimento de energia em vários pontos do município.

Ventos de forte intensidade arremessaram objetos estranhos e galhos de árvores sobre a rede elétrica causando, às 17h52, um curto circuito na rede de média tensão. Para resguardar a segurança da população, foi necessário realizar a inspeção de todo o trecho que passa pela área urbana cuja tensão nominal é de 13.800 mil volts, pois havia ali o risco eminente de ter um cabo partido. As equipes também trabalharam na limpeza e retirada dos galhos e objetos em conflito com os cabos de energia.

As equipes de campo foram reforçadas para os trabalhos de recomposição do sistema elétrico, e o serviço foi restabelecido gradativamente durante a noite. Os locais com registro de ocorrências mais relevantes foram: toda a Zona Norte da cidade, bairros Alta Vila, Jardim Santana, Parque Leste, Bandeirantes, Alterosa, Nova Lavras, Vila Ester, Aquenta Sol, Nova Era, Jardim Europa, Cohab e conjuntos habitacionais nas margens do anel rodoviário de Lavras.         

Um fato que prejudicou o andamento dos serviços foi o registro de uma reclamação de cabo partido que mobilizou a equipe para o local informado, porém, após inspeção em todo o trecho, não foi encontrada nenhuma anomalia no local, bem como não foi localizado o reclamante. A Cemig solicita o apoio da população no sentido de não registrar falsa notificação de defeitos na rede elétrica, pois esta atitude pode aumentar o tempo de restabelecimento e prejudicar toda a população, como aconteceu em Lavras na noite de ontem.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br 
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Começou a corrida eleitoral na Ufla para a escolha de Reitor e Vice Divulgada a agenda de Final de Ano do coral Meninas Cantoras de Lavras
   
Seminário de Inovação e Empreendedorismo será realizado em Lavras Ciro Gomes vem a Lavras ministrar palestra para alunos do Curso de Direito da Ufla
   
Atleta lavrense Mariela de Abreu vence concurso de Artigos Científicos PM de Lavras prende casal de traficantes
.

Flashes de Notícias:

Novo colégio na cidade Evacuação de prédio por risco de desabamento
   
CEPs específicos por rua Burger King em Lavras
   
Descoberta de que jovem assassinada estava grávida - entrevista com a delegada Projeto de regulamentação do serviço de Mototaxista
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras