Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Meio Ambiente /


Publicada em: 27/10/2019 13:11 - Atualizada em: 28/10/2019 11:51
Lavras em Alerta Amarelo: Inmet divulgou alerta sobre possibilidade de tempestade para este domingo
Mortes e destruição ocorridas em cidades mineiras na sexta e ontem, sábado, devido aos temporais que estão desabando na região

Placas de gelo eram levadas pela enxurrada depois da chuva que caiu ontem na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Foto: Redes sociais

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Lavras tem sido poupada até o momento dos grandes temporais que tem caído no Sul de Minas e em outras regiões do Estado, mas na manhã deste domingo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) divulgou um alerta para a cidade e região que a partir das 12h de hoje poderá ocorrer tempestade com chuva entre 20 e 30 milímetros por hora, podendo chegar a 50 milímetros.

O Inmet, em seu "Alerta Amarelo", que é um estado de atenção, avisa ainda que poderá registar ventos fortes e intensos de 40 a 60 quilômetros por hora.

O Instituto alerta que em caso de temporais as pessoas não deverão se abrigar debaixo de árvores, pois há leve risco de descargas elétricas. O Inmet alerta ainda que não se deve estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propagadas. Para maiores informações as pessoas devem procurar junto a Defesa Civil, através do telefone 199 e ao Corpo de Bombeiros, através do telefone 193.

As tempestades na região do Sul de Minas e também na Zona da Mata e Região Central do Estado tem deixado um rastro de destruição e mortes. Depois do temporal que desabou sobre Santa Rita do Sapucaí, na quinta-feira, dia 24, que matou uma pessoa, as tempestades de granizo e vento provocaram ontem, sábado, muita destruição em diversas cidades mineiras.

No Sul de Minas e Região Sudoeste do Estado o sinistro passou e deixou um rastro de destruição  em Conceição Aparecida, São Bento Abade, Minduri, Boa Esperança, Alfenas, Cassia. Em Conceição Aparecida o temporal caiu no início da manhã e durou cerca de 40 minutos, tempo suficiente para derrubar árvores, destelhar casas, matar animais e devastar lavouras.

Ainda no início da manhã, por volta das 5h, a forte chuva com granizo atingiu São Bento Abade e também durou cerca de 40 minutos e o pluviômetro local marcou cerca de 70 milímetros. Com o volume de água, o córrego Santa Maria transbordou e deixou a rua Augusto Marciano da Costa alagada. Árvores foram quebradas e uma caíram próximo ao cemitério. Além disso, algumas casas perderam telhas e a sujeira se espalhou pelas ruas.

Em Boa Esperança o temporal de granizo concentrou na zona rural, provocando destruição nas lavouras e plantações de café. Os motoristas que transitavam pela rodovia BR-265 tiveram que procurar abrigo por causa das pedras de gelo que caíam, deformando a lataria dos veículos e quebrando para-brisas.

Em Minduri as chuvas tiveram início na sexta-feira, dia 25, e se estenderam durante a manhã de sábado, com uma forte chuva acompanhada de descargas elétricas. Segundo a Somar Meteorologia, o temporal que começou na sexta-feira pode se estender durante o fim de semana e as pancadas na cidade continuam até terça-feira, com chuva de maior intensidade.

Em Alfenas também choveu granizo em pontos isolados da cidade, o volume de água provocou enxurradas que chegaram a invadir casas e comércio. Em Cássia, as ruas ficaram alagadas e o vento derrubou árvores.

Mas o temporal não desenhou seu rastro de destruição apenas no Sul de Minas, em outras regiões do Estado também, como na Zona da Mata. Na cidade universitária de Viçosa, um homem de 50 anos foi arrastado pela correnteza do córrego São Bartolomeu e morreu afogado. Segundo o Corpo de Bombeiros, parte de sua residência foi derrubada pela correnteza do córrego.

O temporal também provocou destruição no campus da Universidade Federal de Viçosa (UFV), onde derrubou árvores, destelhou prédios, além de danificar equipamentos e laboratórios de pesquisa. O temporal desabou naquela cidade na noite de sexta-feira.

Os maiores estragos do temporal foram registrados no campus da UFV, ainda não foi divulgado um balanço sobre os prejuízos provocados pelotemporalO. Os danos identificados até o momento incluem inundação de laboratórios, perda de equipamentos de alto valor, além da interrupção do fornecimento de energia elétrica e da internet.

O Ministério da Educação (MEC), expediu nota lamentando o ocorrido na noite de sexta-feira em Viçosa e prometeu liberar uma verba de R$ 5 milhões para reparar os danos causados pela tempestade naquela cidade da Zona da Mata.

Em decorrência da forte chuva que caiu e provocou a destruição parcial do campus da UFV, teve o cancelamento da Feira de Conhecimento, em função dos danos provocados ao Espaço Multiuso, onde seria realizado o evento. Foi cancelada também a atividade relativa ao Outubro Rosa, que seria realizado hoje, domingo, no campus e na cidade.

Em Belo Horizonte também ocorreu tempestade com queda de granizo e vento, uma estrutura metálica montada no 14º andar de um prédio na avenida Cristiano Machado, para abrigar um evento em um hotel, foi arrancada pelo vento e jogada na avenida, um carro chegou a ser atingido pela estrutura, mas o motorista não se feriu.

De acordo com a Defesa Civil da capital mineira, 14 ocorrências foram registradas após o temporal, a mais grave foi de um desabamento de um muro sobre um homem de 75 anos, no Morro das Pedras, ele morreu. Os bombeiros registraram também ocorrências de gente ficou presa em elevadores devido à falta de luz nos bairros Anchieta, Região Centro-Sul da cidade e Manacá, na Pampulha. O temporal provocou destruição também na cidade de Itabirito, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br 
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Gás de cozinha será reajustado a partir de segunda-feira Projeto Conquista vai realizar o seu 16º Festival de Dança, na Selt, em Lavras
   
Agressão ao meio ambiente gera protestos nas redes sociais em Lavras Horta Comunitária da Cohab de Lavras foi destaque em concurso da Emater Minas Gerais
   
Começou a corrida eleitoral na Ufla para a escolha de Reitor e Vice Divulgada a agenda de Final de Ano do coral Meninas Cantoras de Lavras
.

Flashes de Notícias:

Novo colégio na cidade Evacuação de prédio por risco de desabamento
   
CEPs específicos por rua Burger King em Lavras
   
Descoberta de que jovem assassinada estava grávida - entrevista com a delegada Projeto de regulamentação do serviço de Mototaxista
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras