Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Trabalho /


Publicada em: 20/10/2019 14:20 - Atualizada em: 21/10/2019 00:15
Lavras e Varginha fecharam setembro com saldo negativo na geração de empregos
Os dados são do Caged, do Ministério da Economia do governo de Jair Bolsonaro

Imagem ilustrativa do MTb

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Pelo segundo mês consecutivo, Lavras teve um déficit na geração de empregos em decorrência do agronegócio, sobretudo o fim da colheita do café. Além de Lavras. A cidade de Varginha também registrou déficit.

A cidade de Três Pontas foi a mais afetada com o fim da colheita do café: em dois meses, foram demitidas 655 pessoas naquela cidade.

Das seis maiores cidades do Sul de Minas - Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Passos, Lavras e Itajubá - apenas duas cidades tiveram desempenho negativo, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia do governo de Jair Bolsonaro.

Poços de Caldas em setembro teve um saldo positivo de 219 empregos formais, naquela cidade o que mais empregou foi a prestação de serviços, como a rede hoteleira, por exemplo. Pouso Alegre desta vez gerou menos empregos que Poços de Caldas, foram 171 novas vagas de empregos formais. O setor que mais empregou em Pouso Alegre foi o de serviço e o que mais desempregou foi o agronegócio.

Varginha sofreu queda em dois setores: comércio, que demitiu em setembro 10 pessoas, e o agronegócio, que gerou um desemprego de 216 pessoas.

Em Varginha o serviço também foi os setor que maio empregou em setembro.

Passos teve um saldo positivo na geração de empregos, aquela cidade abriu 179 nova vagas e o setor que mais empregou em Passos foi o comércio e o que mais demitiu foi a construção civil.

Lavras, a quinta maior cidade do Sul de Minas, fechou o mês de setembro com um saldo negativo, neste mês foram demitidas 97 pessoas, sendo 91 demissões decorrentes do agronegócio. Os setores que mais geraram empregos em Lavras no mês de setembro foram a prestação de serviço e a construção civil.

Itajubá teve um bom desemprenho na geração de empregos no mês de setembro, naquela cidade foram abertas 185 novas vagas de empregos, sendo as duas maiores frentes foram a indústria de transformação e a prestação de serviço.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Ufla obtém resultados de excelência no Enade Agência da Copasa em Lavras voltou com o atendimento presencial, mas com restrições
   
Inaugurado na Ufla, o LabCovid, que realizará exames de diagnóstico da Covid - veja fotos Ufla, em parceria internacional, realiza pesquisa inédita sobre a reconstrução do clima da Amazônia
   
Vacinação contra sarampo para jovens e adultos em Lavras vai até o dia 30 Bombeiros de MG atenderam a 40 afogamentos nos 12 primeiros dias de outubro
.

Flashes de Notícias

.  

Blog Sabrina Cicareli:

Decoração da minha Kitnet Tudo de Bom no Os Mais Influentes Revista Elitte 2019
   
Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras