Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Diversos /


Publicada em: 06/08/2019 15:12 - Atualizada em: 06/08/2019 20:09
Atlas da Violência: Lavras foi a terceira cidade menos violenta no Sul de Minas em 2017 entre as cinco maiores
As informações foram tiradas do Atlas da Violência ? Retrato dos Municípios Brasileiros 2019, divulgado ontem

Vista parcial do centro de Lavras, imagem extraída do site: Lavras na Web

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou ontem, segunda-feira, dia 5, uma análise de 2017 dos 310 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes e fez um recorte regionalizado da violência no país.

O Atlas da Violência – Retrato dos Municípios Brasileiros 2019, elaborado em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostra que houve um crescimento das mortes nas regiões Norte e Nordeste influenciado, principalmente, pela guerra do narcotráfico, a rota do fluxo das drogas e o mercado ilícito de madeira e mogno nas zonas rurais. 

O município mais violento do Brasil, com mais de 100 mil habitantes, é Maracanaú, no Ceará. Em segundo lugar está Altamira, no Pará, seguida de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte. Dos 20 mais violentos, 18 estão no Norte e Nordeste do país. 

Na região do Sul de Minas, das cinco cidades com mais de 100 mil habitantes - Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Passos e Lavras - Passos foi a cidade considerada menos violenta, com uma taxa de 7,2 homicídios a cada 100 mil habitantes. Naquela cidade em 2017 foram assassinadas 7 pessoas, e teve um homicídio oculto. Em segundo lugar vem Varginha, com uma taxa de 8,3 homicídios, em 2017 foram mortas 10 pessoas naquela cidade e teve um homicídio oculto; Lavras vem em terceiro lugar com uma taxa de 12,0, o que corresponde a 11 homicídios e um oculto; Pouso Alegre vem em seguida com 12,3, aquela cidade registrou em 2017 nove assassinatos, mas teve 9 ocultos, Já Poços de Caldas registrou 10 homicídios e 12 ocultos.

De acordo com o Ipea, homicídios ocultos são aqueles casos classificados erroneamente como mortes violentas com causa indeterminada. A taxa é calculada de acordo com o número de habitantes.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br 
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Gás de cozinha será reajustado a partir de segunda-feira Projeto Conquista vai realizar o seu 16º Festival de Dança, na Selt, em Lavras
   
Agressão ao meio ambiente gera protestos nas redes sociais em Lavras Horta Comunitária da Cohab de Lavras foi destaque em concurso da Emater Minas Gerais
   
Começou a corrida eleitoral na Ufla para a escolha de Reitor e Vice Divulgada a agenda de Final de Ano do coral Meninas Cantoras de Lavras
.

Flashes de Notícias:

Novo colégio na cidade Evacuação de prédio por risco de desabamento
   
CEPs específicos por rua Burger King em Lavras
   
Descoberta de que jovem assassinada estava grávida - entrevista com a delegada Projeto de regulamentação do serviço de Mototaxista
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras