Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia /


Publicada em: 06/08/2019 15:12 - Atualizada em: 06/08/2019 20:09
Atlas da Violência: Lavras foi a terceira cidade menos violenta no Sul de Minas em 2017 entre as cinco maiores
As informações foram tiradas do Atlas da Violência ? Retrato dos Municípios Brasileiros 2019, divulgado ontem

Vista parcial do centro de Lavras, imagem extraída do site: Lavras na Web

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou ontem, segunda-feira, dia 5, uma análise de 2017 dos 310 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes e fez um recorte regionalizado da violência no país.

O Atlas da Violência – Retrato dos Municípios Brasileiros 2019, elaborado em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostra que houve um crescimento das mortes nas regiões Norte e Nordeste influenciado, principalmente, pela guerra do narcotráfico, a rota do fluxo das drogas e o mercado ilícito de madeira e mogno nas zonas rurais. 

O município mais violento do Brasil, com mais de 100 mil habitantes, é Maracanaú, no Ceará. Em segundo lugar está Altamira, no Pará, seguida de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte. Dos 20 mais violentos, 18 estão no Norte e Nordeste do país. 

Na região do Sul de Minas, das cinco cidades com mais de 100 mil habitantes - Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Passos e Lavras - Passos foi a cidade considerada menos violenta, com uma taxa de 7,2 homicídios a cada 100 mil habitantes. Naquela cidade em 2017 foram assassinadas 7 pessoas, e teve um homicídio oculto. Em segundo lugar vem Varginha, com uma taxa de 8,3 homicídios, em 2017 foram mortas 10 pessoas naquela cidade e teve um homicídio oculto; Lavras vem em terceiro lugar com uma taxa de 12,0, o que corresponde a 11 homicídios e um oculto; Pouso Alegre vem em seguida com 12,3, aquela cidade registrou em 2017 nove assassinatos, mas teve 9 ocultos, Já Poços de Caldas registrou 10 homicídios e 12 ocultos.

De acordo com o Ipea, homicídios ocultos são aqueles casos classificados erroneamente como mortes violentas com causa indeterminada. A taxa é calculada de acordo com o número de habitantes.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br 
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Senador holandês Roel Kuiper ministrará palestra em Lavras Homem que desapareceu entre Lavras e Campo Belo foi encontrado morto
   
MEC desbloqueia 47,2% do orçamento da Ufla contingenciado no início do ano Bancos leiloam mais de 200 imóveis com descontos de até 67%. Tem imóvel em Lavras
   
Alunos de Lavras foram premiados na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica Músico lavrense integra lista da premiação Focus Brasil Awards Milão
.

Flashes de Notícias:

Descoberta de que jovem assassinada estava grávida - entrevista com a delegada Projeto de regulamentação do serviço de Mototaxista
   
Projeto Influencers na Net nas escolas municipais Queijo lavrense premiado no Concurso Mundial de Queijos
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Série Viajadamente no Peru - Parte 6 - Lima Série Viajadamente no Peru - Parte 5 - Machu Picchu
   
Série Viajadamente no Peru - Parte 4 - Machu Picchu Série Viajadamente no Peru - Parte 3 - Cusco
   
Série Viajadamente no Peru - Parte 2 - Cusco Série Viajadamente no Peru - Parte 1 - Cusco

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras