Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Diversos /


Publicada em: 31/07/2019 14:51 - Atualizada em: 31/07/2019 22:14
Projeto que visa punir a utilização de linha chilena ou com cerol em Lavras está em trâmite na Câmara Municipal
Vereador apresentou projeto de lei que pune quem vende, fabrica ou usa linha com cerol ou chilena

Foto: PMMG

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Nas últimas semanas, a imprensa nacional tem divulgado gravíssimos acidentes envolvendo linhas com cerol e linhas chilenas. Na capital mineira, um garoto perdeu a perna, no Pará uma criança ficou gravemente ferida, em São Paulo um motoboy teve o pescoço cortado e só não morreu graças a um caminhão que passava pelo local e sua antena laçou a linha, tirando-a do pescoço do rapaz.

Ontem, terça-feira, dia 30, a Polícia Militar da cidade de Três Corações descobriu uma fábrica de linhas chilenas. A PM apreendeu todo o maquinário e uma pessoa foi presa em flagrante, a pequena fábrica ficava no bairro Bela Vista.

Em Poços de Caldas, um enfermeiro foi preso, ele comercializava linha chilena e linha com cerol. Além dele, outras três pessoas foram detidas, elas foram multadas em R$ 2,7 mil e tiveram todo material apreendido.

A utilização de cerol ou de linha chilena é proibida desde 2002 em Minas Gerais e prevê multa de até R$ 1,5 mil para quem portar o material. Vender ou expor à venda o cerol, linha chilena e semelhantes também é crime previsto na Lei Federal 8.137 de 1990. A pena é detenção de dois a cinco anos ou multa.

Em Lavras, o vereador Marcos Possato apresentou na Câmara Municipal um projeto que proíbe a fabricação, armazenamento, comercialização e o uso de linhas com substâncias cortantes utilizadas para empinar pipas, papagaios e similares, propondo que a fiscalização seja realizada também pela Prefeitura.

De acordo com o projeto do vereador, em caso de apreensão de menores, as penalidades serão aplicadas aos pais ou responsáveis, e o fato comunicado ao Conselho Tutelar. A pena é, além do envolvimento com a justiça, a aplicação de uma multa de 250 UFML (Unidade Fiscal do Município de Lavras), sendo que cada Unidade corresponde hoje, dia 31 de julho, a R$ 3,20.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Resgate de vítima de acidente na BR-265 mobilizou bombeiros de Lavras e São João del-Rei - veja fotos Corpo de Bombeiros de Lavras debelou o incêndio na Serra da Bocaina
   
Caminhão carregado com dinamite cai em rio no Sul de Minas e motorista morre - veja vídeo Fiocruz avalia que volta as aulas em Minas colocará em risco mais de 1 milhão de pessoas
   
Grupo de Fotógrafos Amadores de Lavras registrou passagem do cometa Neowise - veja fotos Manifestação pró-Bolsonaro em Lavras tem outdoors de apoio
   
Empresária denunciada pela Prefeitura de Lavras deixou o presídio de Elói Mendes para cumprir prisão domiciliar Diretório Municipal do PT manifesta sobre eleição em Lavras
.

Flashes de Notícias

.  

Blog Sabrina Cicareli:

Decoração da minha Kitnet Tudo de Bom no Os Mais Influentes Revista Elitte 2019
   
Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras