Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Diversos /


Publicada em: 07/07/2019 13:22 - Atualizada em: 07/07/2019 13:27
Cade instaura processo contra Unimed Lavras por suposta conduta anticompetitiva
A notícia da instauração do processo foi publicada na página oficial do Cade na última sexta-feira

Sede do Conselho Administrativo de Defesa Econômica - Cade, no Distrito Federal. Foto: Divulgação

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) divulgou em sua página oficial na sexta-feira, dia 5, sobre a instauração de um processo contra a Unimed Lavras. De acordo com aquele conselho,  a investigação apontou indícios de que operadora de plano de saúde teria descredenciado abusivamente clínicas de exames cardiológicos, configurando uma possível infração à ordem econômica praticada pela operadora de plano de saúde contra clínicas de exames de imagem e métodos gráficos cardiológicos.

Ainda de acordo com o Cade, a apuração do caso teve início em dezembro de 2018, a partir de representação da clínica Ecomed. Na denúncia, a empresa apontou evidências de que a Unimed Lavras teria realizado seu descredenciamento de maneira abusiva, ocasionando prejuízos ao ambiente concorrencial no mercado de exames de imagens e métodos gráficos cardiológicos na cidade de Lavras. A ação ainda teria afetado pelo menos outras quatro clínicas atuantes no mesmo mercado.

De acordo com apuração da SG/Cade, a suposta conduta anticompetitiva praticada pela Unimed Lavras seria decorrente da criação de seu próprio Centro de Diagnósticos (CDU), com o consequente descredenciamento de outras clínicas. Desta forma, a prática seria fruto, em parte, da constatação de poder de mercado da operadora de plano de saúde muito acima do estabelecido pela Lei nº 12.529/11.

Com a instauração do processo administrativo, a Unimed Lavras será notificada para apresentar defesa. Ao final da instrução processual, a Superintendência-Geral opinará pela condenação ou arquivamento, e remeterá o caso para julgamento pelo Tribunal Administrativo do Cade, responsável pela decisão final.

O Cade é uma autarquia federal, vinculada ao Ministério da Justiça, com sede e foro no Distrito Federal, que exerce atribuições em todo o território nacional. O órgão tem como missão zelar pela livre concorrência no mercado, sendo a entidade responsável, no âmbito do Poder Executivo, não só por investigar e decidir em última instância sobre a matéria concorrencial, como também fomentar e disseminar a cultura da livre concorrência. 

Confira a publicação na página oficial do Cade clicando AQUI.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br 
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Mais informações sobre o feminicídio ocorrido em Lavras neste domingo UPA Lavras divulga relatório com números de atendimentos do 1º semestre
   
Emerson Maradona representará Lavras na Tailândia, berço do Muay Thai PM prende traficantes em Perdões com mais de mil papelotes de cocaína
   
Construtora vence licitação do retorno do Fonte Verde apresentando valor abaixo do orçado Menores assaltaram idoso na zona rural de Lavras
.

Flashes de Notícias:

Furto de tapetes de grama na "Ponte Branca" Manifestação do movimento "Pelo Brasil" em Lavras
   
Nova remessa de vacinas contra gripe para Lavras Esquadrilha da Fumaça já chegou em Lavras para apresentação 
   
Parcelamento de multas, IPVA, Licenciamento e DPVAT em até 12 vezes no cartão Seletiva técnica do concurso Miss Lavras 2019

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras