Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Diversos /


Publicada em: 11/05/2011 11:53 - Atualizada em: 11/05/2011 18:02
Menor de 15 anos foi detido pela 17ª em Lavras; quatro vezes só este ano
Menor bastante conhecido da polícia por envolvimento em diversas modalidades criminosas foi detido pela 17ª vez; ele atacou uma viatura policial.

     

Material apreendido pela Polícia Militar com o menino de 15 anos na 13ª vez que ele havia sido detido. Foto: Jornal de Lavras

 

LAVRAS TEM AC Parafusos. Quer saber? Clique aqui.

O garoto de 15 anos que já foi preso 16 vezes teve mais um envolvimento com a polícia na noite de terça-feira, dia 10. Uma viatura fazia o patrulhamento rotineiro no bairro Novo Horizonte quando os militares foram surpreendidos com uma pedrada na lataria do veículo. Quando os policiais desceram da viatura para avaliar os danos, escutaram um indivíduo gritar: "vocês não são homens para me pegar".

Imediatamente foi solicitado apoio de outras viaturas, que chegaram ao local, na rua Natalice Viana da Silva. Os militares abordaram Alemar Magno Andrade da Silva, 18 anos, desocupado, que estava acompanhado do menor de 15 anos. Outros dois companheiros de Alemar e do menor fugiram por um matagal.

Alemar reagiu à abordagem e foi necessário o uso de força moderada para contê-lo. Mesmo assim, ele reagiu de forma bastante agressiva, sendo necessário o uso do spray de pimenta, que apesar de ser inofensivo e permitido seu uso, deixa a pessoa momentaneamente sem reação.

No momento que Alemar estava sendo imobilizado, caiu de seu bolso uma embalagem plástica contendo 16 porções de maconha, devidamente embalada para a venda. O menor, que já havia sido preso 16 vezes, certo de sua impunidade, tentou jogar a população do bairro contra os policiais, gritando palavras de ordem e frases de incentivo a violência.

Já dentro da viatura, o menor começou a cantar funk que enaltece o crime, a violência e o uso de drogas. Os outros dois marginais que haviam fugido para o matagal foram até a entrada do bairro e fizeram uma barricada de pneus e atearam fogo, visando obstruir a saída das viaturas, porém, os militares conseguiram retirar os pneus e conduzir os dois detidos a 1ª Delegacia Regional de Segurança Pública, do Sexto Departamento de Polícia Civil. Antes, porém, eles foram levados até a Unidade Regional de Pronto Atendimento (Urpa), para exame de corpo de delito.

Alemar foi ouvido pela Polícia Civil e depois conduzido ao Presídio Estadual; já o menor, que se envolveu em crimes diversos e que foi detido pela 17ª vez, foi ouvido e liberado em seguida, como determina a lei, uma vez que Lavras ainda não tem um Centro Sócioeducativo para correção de menores. Ele estava acompanhado de sua mãe.

O menor, que mora na rua 14 de Agosto, já se envolveu com tráfico de entorpecentes, roubos, assaltos, agressões contra militares e outros crimes. Ele tem uma tatuagem de palhaço no braço direito, que na linguagem marginal, significa tratar de uma pessoa disposta a matar policiais.

Clique aqui e comente esta notícia no Facebook do Jornal de Lavras

 

Leia as notícias anteriores publicadas pelo Jornal de Lavras sobre o caso:

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras