Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Comportamento /


Publicada em: 25/03/2019 07:57 - Atualizada em: 25/03/2019 14:31
Notícias sobre nova paralisação de caminhoneiros começam a ser divulgadas
Na última greve, criou-se uma corrida aos postos de Lavras e de muitas outras cidades

Posto Venerando da avenida Perimetral fechado por falta de combustíveis no dia 23 de maio do ano passado, durante paralisação dos caminhoneiros. Foto: Jornal de Lavras

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Os caminhoneiros estão se movimentando para promover uma nova paralisação em todo o País, eles entendem que os principais compromissos assumidos pelo governo Michel Temer no ano passado não estão sendo cumpridos. O movimento dos caminhoneiros está sendo monitorado pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo de Jair Bolsonaro.

O GSI tem por missão se antecipar aos fatos para evitar problemas para o governo, as investigações apontaram que o início do movimento, as articulações, começou por meio de mensagens de WhatsApp, o GSI informou ao presidente Bolsonaro que os caminhoneiros falam em paralisações para o dia 30 de março.

Na semana passada, Wallace Landim, o Chorão, presidente das associações Abrava (Associação Brasileira de Veículos Automotores) e BrasCoop (Brasil Cooperativa) que representam a classe de caminhoneiros, teve reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Chorão também teve encontro com a diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e na sexta-feira, dia 22, se reuniu com o secretário executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio.

Em nota, Landim disse que o ministro Onyx disse a ele que até a próxima semana, o próprio presidente Jair Bolsonaro deve se manifestar sobre os pedidos dos caminhoneiros. Na pauta de reivindicações da classe estão três pedidos. O primeiro pedido diz respeito ao piso mínimo da tabela de frete. Os caminhoneiros reclamam que as empresas têm descumprido o pagamento do valor mínimo e cobram uma fiscalização mais ostensiva da ANTT. A agência, segundo Landim, prometeu mais ações e declarou que já fez mais de 400 autuações contra empresas.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br 
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Comerciante de Lavras foi conduzida até a delegacia por vender bebida alcoólica para menores Parecer favorável da CCJ pode resultar em devolução de verbas para o Executivo
   
Dois lavrenses serão agraciados com a Medalha "Juscelino Kubistchek" Homem foi preso acusado de abusar sexualmente de crianças nas dependências do Lavras Tênis Clube
   
Pedestre é atingido no rosto por linha chilena em bairro de Lavras Campus 2 do Unilavras foi inaugurado em Lavras - veja fotos
.

Flashes de Notícias:

Projeto Influencers na Net nas escolas municipais Queijo lavrense premiado no Concurso Mundial de Queijos
   
Briga com facada no Centro de Lavras 1ª Edição do Fest Vai
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Série Viajadamente no Peru - Parte 6 - Lima Série Viajadamente no Peru - Parte 5 - Machu Picchu
   
Série Viajadamente no Peru - Parte 4 - Machu Picchu Série Viajadamente no Peru - Parte 3 - Cusco
   
Série Viajadamente no Peru - Parte 2 - Cusco Série Viajadamente no Peru - Parte 1 - Cusco

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras