Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano /


Publicada em: 25/03/2019 07:57 - Atualizada em: 25/03/2019 14:31
Notícias sobre nova paralisação de caminhoneiros começam a ser divulgadas
Na última greve, criou-se uma corrida aos postos de Lavras e de muitas outras cidades

Posto Venerando da avenida Perimetral fechado por falta de combustíveis no dia 23 de maio do ano passado, durante paralisação dos caminhoneiros. Foto: Jornal de Lavras

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Os caminhoneiros estão se movimentando para promover uma nova paralisação em todo o País, eles entendem que os principais compromissos assumidos pelo governo Michel Temer no ano passado não estão sendo cumpridos. O movimento dos caminhoneiros está sendo monitorado pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo de Jair Bolsonaro.

O GSI tem por missão se antecipar aos fatos para evitar problemas para o governo, as investigações apontaram que o início do movimento, as articulações, começou por meio de mensagens de WhatsApp, o GSI informou ao presidente Bolsonaro que os caminhoneiros falam em paralisações para o dia 30 de março.

Na semana passada, Wallace Landim, o Chorão, presidente das associações Abrava (Associação Brasileira de Veículos Automotores) e BrasCoop (Brasil Cooperativa) que representam a classe de caminhoneiros, teve reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Chorão também teve encontro com a diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e na sexta-feira, dia 22, se reuniu com o secretário executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio.

Em nota, Landim disse que o ministro Onyx disse a ele que até a próxima semana, o próprio presidente Jair Bolsonaro deve se manifestar sobre os pedidos dos caminhoneiros. Na pauta de reivindicações da classe estão três pedidos. O primeiro pedido diz respeito ao piso mínimo da tabela de frete. Os caminhoneiros reclamam que as empresas têm descumprido o pagamento do valor mínimo e cobram uma fiscalização mais ostensiva da ANTT. A agência, segundo Landim, prometeu mais ações e declarou que já fez mais de 400 autuações contra empresas.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br 
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Gás de cozinha será reajustado a partir de segunda-feira Projeto Conquista vai realizar o seu 16º Festival de Dança, na Selt, em Lavras
   
Agressão ao meio ambiente gera protestos nas redes sociais em Lavras Horta Comunitária da Cohab de Lavras foi destaque em concurso da Emater Minas Gerais
   
Começou a corrida eleitoral na Ufla para a escolha de Reitor e Vice Divulgada a agenda de Final de Ano do coral Meninas Cantoras de Lavras
.

Flashes de Notícias:

Novo colégio na cidade Evacuação de prédio por risco de desabamento
   
CEPs específicos por rua Burger King em Lavras
   
Descoberta de que jovem assassinada estava grávida - entrevista com a delegada Projeto de regulamentação do serviço de Mototaxista
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras