Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque / Esporte /


Publicada em: 28/06/2010 01:23 - Atualizada em: 29/06/2010 00:56
Um pedacinho do Chile em Lavras, uma casa bi-nacional
Os joragdores chilenos não estão só, eles tem a torcida de todo o Chile, da Argentina, que naturalmente, torce contra o Brasil em qualquer situação e uma torcedora em Lavras, a chilena Lorena Esparza, que tem uma filha que nasceu no Chile, mas torce pelo Brasil.

 

     

        De um lado o Brasil no coração de Sofia, do outro o Chile, no "corazón" de Lorena

 

O Brasil enfrentará o Chile na segunda-feira, dia 28 e quem pensa que Lavras toda estará torcendo para a seleção brasileira está enganado: aqui também tem torcida chilena, ela é pequena, ou melhor, muito pequena mesmo, tem apenas uma única torcedora, a chilena Lorena Esparza.

Lorena tem dez anos de Brasil, causou-se com um brasileiro e tem uma filha de 11 anos: Sofia Penido Esparza. Lorena disse que, na verdade, torce também para o Brasil, mas acha que a seleção chilena merecia chegar a final da Copa do Mundo, ter uma chance para dar alegria ao povo que sofreu muito com o terremoto em fevereiro.

De coração partido, ou melhor: "de corazón" partido, a filha Sofia fica numa encruzilhada: tem o pai brasileiro e a mãe chilena, como se não bastasse, Sofia também nasceu no Chile, em Temuco, sul daquele país. Ela viveu pouco tempo no Chile, veio para o Brasil com menos de um ano, talvez seja por isso que ela torça para a seleção brasileira.

No dia do jogo Sofia vai assistir ao lado da mãe, não terá o pai para ajudar a vibrar pelo Brasil. O pai, Aloísio Penido, está a trabalho em Rondônia, só volta para Lavras em julho, depois da Copa. Até lá Sofia terá que "pisar em ovos" dentro de casa; nem tanto Brasil e nem tanto Chile, para não desagradar a mãe.

Animada com a chance de chegar as quartas de final, Lorena manda até um recadinho para os parentes no Chile: "aqui no Brasil também tem torcida chilena". Ela disse que durante o jogo estará com o pensamento na família que deixou em Temuco, vai torcer pela vitória chilena e vibrar em pensamento com os pais Luis e Elsa, com a única irmã, Karina e seu cunhado Álvaro e, principalmente com a sobrinha Marta.

Não querendo ser chato, aproveitamos também para mandar um abraço para todos os chilenos e lembrá-los que nos últimos cinco confrontos entre Brasil e Chile, o Brasil ganhou cinco partidas e marcou 20 gols, uma média de 4 por partida.

Em março de 2007 foi de 4 x 0; em julho do mesmo ano o placar foi de 3 x 0; também em julho de 2007, pela Copa América, a goleada foi de 6 x 1; depois em setembro de 2008, outra de 3 x 0 e nas eliminatórias da Copa do Mundo, em setembro de 2009, o Brasil ganhou por 4 x 2. O Brasil enfrenta o Chile o estádio Ellis Park, em Joanesburgo,às 15h30.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras