Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Trabalho /


Publicada em: 04/03/2019 08:58 - Atualizada em: 04/03/2019 13:57
Varginha foi a cidade do Sul de Minas com o pior saldo em geração de empregos em Janeiro
Dados do Caged apontam que Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Passos e Lavras fecharam janeiro com saldo negativo na geração de empregos

Imagem ilustrativa extraída do site Gazeta do Povo

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

O Ministério da Economia divulgou os dados referentes ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados referentes ao mês de janeiro, este foi o primeiro com dados do governo de Jair Bolsonaro. Em todo o Brasil foram criadas 34,313 mil vagas em janeiro, queda de 56% em relação a 2018. Já em Minas Gerais, o saldo de geração de empregos em janeiro fechou com saldo positivo em 1.492 mil vagas.

Das seis maiores cidades do Sul de Minas - Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Passos, Lavras e Itajubá - apenas Itajubá teve saldo positivo na geração de empregos em janeiro e Varginha foi a cidade que mais demitiu trabalhadores.

Poços de Caldas abriu 1.851 vagas de empregos e demitiu 1.955 pessoas, fechado o primeiro mês do ano com saldo negativo de -104 empregos.

Pouso Alegre também teve desempenho negativo em janeiro. Aquela cidade gerou 1.529 vagas de empregos formais e no mesmo período desempregou 1.655 trabalhadores, fechando o mês com saldo negativo de -126.

Varginha foi a cidade que mais sofreu com o desemprego, em janeiro aquela cidade abriu 1.316 vagas de empregos e fechou 1.576 vagas, o janeiro para os varginhenses foi sofrível com 260 desempregados.

Passos, a quarta maior cidade do Sul de Minas também teve um janeiro negativo, no primeiro mês do ano aquela cidade gerou 800 novas vagas de empregos e fechou 919, acumulando um saldo negativo de 119 vagas de empregos fechadas.

Lavras também teve um mês negativo, em janeiro foram criadas 638 novas vagas de empregos, mas foram fechadas 666, a cidade acumulou um saldo negativo de 28 desempregados.

Na contramão das cinco maiores cidades do Sul de Minas, Itajubá, a sexta maior cidade, foi a única que teve saldo positivo em janeiro, quando foram abertas 527 vagas de empregos e fechadas 493, portanto, aquela cidade fechou o primeiro mês do ano com saldo positivo de 34 empregos.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Homicídio em Lavras: rapaz morre a pauladas no bairro Nossa Senhora de Lourdes Furto em escola pública de Lavras: PM prendeu um dos ladrões e recuperou os objetos
   
Criminosos armados assaltam casa lotérica em Lavras - veja vídeo PM prende ladrões de gado na cidade de Perdões; animais eram vendidos em Lavras
   
Caixa amplia horário de atendimento das agências para saque de auxílio emergencial Bolsonaro nomeia João Chrysostomo de Resende Júnior como reitor da Ufla
.

Flashes de Notícias:

Jovem de 33 anos falece com suspeita de coronavírus em Lavras Mais um caso de coronavírus confirmado em Lavras
   
Primeiro caso de coronavírus confirmado em Lavras Falecimento de idosa que estava com suspeita de coronavírus em Lavras
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras