Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Tecnologia /


Publicada em: 28/01/2019 09:59 - Atualizada em: 28/01/2019 14:22
Sensor criado na Ufla monitora emissões de gases causadores do efeito estufa
O sistema mede as concentrações de amônia e gás metano em instalações de criação de vacas leiteiras

Sistema Compost Barn de criação de vacas leiteiras. Imagem extraída do site do Iepec (Instituto de Estudos Pecuários

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

O Brasil é o quarto maior produtor mundial de leite, atrás apenas dos Estados Unidos, Índia e China. No país, Minas Gerais lidera a produção com quase 9 bilhões de litros produzidos em 2017, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No setor agropecuário, aumentar a produtividade do gado leiteiro esbarra em um entrave ambiental: as emissões de gases causadores de efeito estufa, como metano, dióxido de carbono e amônia, produzidos pelo gado em sistemas de confinamento de bovinos.

Na tentativa de monitorar e reverter o nível de poluentes nas fazendas, pesquisadores do Departamento de Engenharia (DEG) da Universidade Federal de Lavras (Ufla) desenvolvem um sistema de medição do microclima das propriedades rurais e das concentrações de amônia e metano em instalações para criação de vacas leiteiras do tipo Compost Barn – um tipo de confinamento que visa o bem-estar das vacas e melhora a produtividade da ordenha. Nessa espécie de galpão, o chão é coberto por uma "cama" de serragem ou outro material orgânico confortável para o animal. A ausência de baias também permite a movimentação livre das vacas, o que reduz o nível de estress do rebanho e, consequentemente, aumenta a produção de leite.  "Já observamos aumento na emissão de gases de efeito estufa com o Compost Barn, se comparado ao sistema de confinamento free stall (caracterizado por camas individualizadas, corredores de acesso e pistas de concreto). 

O sistema de inspeção que está sendo desenvolvido pela Ufla consiste na criação de sensores automáticos e de baixo custo, capazes de medir gases causadores de efeito estufa, com previsão de uso a partir de 2020.  O estudo ocorre em parceria com a universidade holandesa Wageningen University, Universidade de Florença, na Itália, e Universidad Nacional da Colômbia. 

O professor do DEG, Flávio Alves Damasceno, informa que faltam análises sobre distribuição das variáveis climáticas e concentrações de gases nas regiões de confinamento de gado leiteiro no país. "Durante o verão brasileiro, as instalações para produção de leite funcionam abertas e com ventilação natural ou forçada. É fundamental levantar informações seguras de emissões de gases na pecuária de Minas Gerais", justifica.

Depois do acompanhamento, a intenção do projeto é desenvolver novo sistema de manejo para a cama da instalação compost barn, que permita reduzir a concentração de amônia e metano no meio ambiente. Os dados ainda farão parte de um inventário detalhado da situação das instalações Compost Barn de propriedades rurais do Sul de Minas. 

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Agência do Banco Itaú, da Zona Sul de Lavras, está fechada temporariamente por causa da pandemia Incêndio supostamente criminoso destruiu veículo na Zona Norte de Lavras - veja vídeo
   
Prefeitura de Lavras divulgou que denúncias nos finais de semana contra aglomerações devem ser feitas no 190 da PM Bombeiros capturaram cobra que invadiu uma casa em Lavras
   
Ufla poderá armazenar vacinas do Governo do Estado em seus Ultrafreezers Decreto da Prefeitura de Lavras prevê uso obrigatório de máscara também em vias públicas
   
PM de Lavras aborda homem que portava réplica de arma de fogo na cintura Prefeitura de Lavras publica decreto com menos restrições que a Onda Vermelha do Minas Consciente
   
CDL Lavras informa que medidas estão sendo tomadas pela entidade para tentar evitar o fechamento do comércio - veja vídeo Comerciantes de Lavras manifestaram contra aplicação da fase restritiva da Onda Vermelha
.
Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras