Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Economia /


Publicada em: 16/01/2019 13:47 - Atualizada em: 16/01/2019 20:08
Ano passado foi bom para o produtor do Sul de Minas, segundo IPP da Ufla
Ano de 2018 apresentou estabilidade nos preços recebidos pelos produtores rurais do Sul de Minas e aumento do preço de insumos agrícolas

Feijão foi o destaque do ano passado, com um aumento médio de 42,49%. Foto: GRTrade

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Conforme pesquisa desenvolvida pelo Departamento de Gestão Agroindustrial da Universidade Federal de Lavras (DGA/Ufla), por meio dos cálculos dos Índices de Preços Recebido (relativos aos preços recebidos pelos produtos comercializados pelos produtores rurais) e Índices de Preços Pagos (relativo aos preços pagos aos insumos para produção), a renda média do produtor rural do Sul de Minas Gerais calculada pelo IPR apresentou estabilidade, com alteração mínima de 0,10% e os insumos para a produção agropecuária, calculada pelo IPP demonstrou um aumento médio de 2,78%.

No ano de 2018 o IPR foi positivo para os grupos leite, frutas, hortaliças e grãos, com destaque para o feijão com um aumento médio de 42,49%, cotado no início do ano em R$ 95,62 e em dezembro cotado em R$ 136,25 a saca de 60 Kg. O leite se valorizou em média 12,85% durante o ano e como destaque na valorização de preço dos horti-fruti foi a maçã, pera e uva com elevações médias de preço na ordem de 48,45% e o pimentão com 62%, couve flor com 132%, e o tomate com 38% foram os destaques das hortaliças. Dentre os grupos pesquisados dos produtos agrícolas o que representou maior queda foi o grupo referido cana com queda de -24,24%, as carnes em geral tiveram uma redução média de 12,21%.

O produto mais importante produzido no sul de Minas e que apresenta o maior peso na ponderação do IPR, o café, apresentou uma queda anual de preço de -9,50%, com preço médio da saca em R$ 440,00, no início do ano, terminando o ano com preço médio em R$ 403,00, afetando negativamente a renda do produtor rural no sul de Minas.

A atividade cafeeira vem enfrentando um ciclo de baixa de preços ressalta o coordenador do trabalho, professor Renato Fontes (foto). A saca de café apresentou em períodos passados preços elevados, o que estimulou o aumento da produção, pelo aumento da área cultivada como também pelo uso e melhoria da tecnologia produtiva, não só no Brasil, mas no mundo todo, tendo como reflexo um aumento da oferta de café no mundo que abastece plenamente a demanda mundial de café, além de propiciar o aumento de estoques da commodity e consequentemente pressiona o preço para baixo.

De uma maneira geral, a movimentação de preços é normal no setor de produção agropecuária, por ser caracterizado como mercado em concorrência perfeita, onde o preço das commodities é dado pela interação da oferta e demanda e cada produto agrícola apresentou sua dinâmica no decorrer do ano de 2018 refletindo nos preços, mas em regra, as commodities agropecuárias vêm apresentando preços que não estimula e nem são atrativos para novos investimentos produtivos, o que pode impactar negativamente no agronegócio do Sul de Minas Gerais.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Ufla poderá armazenar vacinas do Governo do Estado em seus Ultrafreezers Decreto da Prefeitura de Lavras prevê uso obrigatório de máscara também em vias públicas
   
PM de Lavras aborda homem que portava réplica de arma de fogo na cintura Prefeitura de Lavras publica decreto com menos restrições que a Onda Vermelha do Minas Consciente
   
CDL Lavras informa que medidas estão sendo tomadas pela entidade para tentar evitar o fechamento do comércio - veja vídeo Comerciantes de Lavras manifestaram contra aplicação da fase restritiva da Onda Vermelha
   
Rua de Luminárias com 9 faixas de pedestres virou meme nas redes sociais Covid-19: Associação Médica de Lavras manifesta através de nota oficial
   
LabCovid e Prefeitura de Ingaí realizam coleta para exame de Covid-19 Começou a campanha de vacinação contra a Covid-19 em Lavras
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras