Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Economia /


Publicada em: 13/11/2018 19:27 - Atualizada em: 14/11/2018 11:03
Ipem-MG alerta população para cuidados na hora de abastecer o veículo
Reclamações relativas a bombas de combustíveis lideram ranking de denúncias recebidas pela Ouvidoria do instituto

A legislação prevê multas em casos constatados de erro ou fraude na bomba dos postos de combustível. Foto: Omar Freire – Imprensa/MG

 

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Se você não costuma conferir a bomba de combustível na hora de abastecer o carro, é melhor ficar atento. Nem sempre a quantidade de gasolina que você paga é a que você leva. O alerta é do Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais (Ipem-MG), responsável pela fiscalização das bombas de combustíveis.

Entre janeiro e agosto deste ano, o número de reclamações referentes a esses equipamentos ficou em primeiro lugar no ranking de denúncias recebidas pela Ouvidoria do Ipem-MG. Nesse mesmo período, as queixas envolvendo problemas nas bombas de abastecimento superaram em 9,6% o total registrado durante todo o ano de 2017.

"Esse resultado é reflexo do trabalho de divulgação do canal da Ouvidoria, que temos feito durante as ações de fiscalização em todo o estado, realizadas em parceria com a Agência Nacional do Petróleo (ANP) e com os Procons", afirma o diretor-geral do Ipem-MG, Fernando Sette.

Sette explica que, antes de iniciar o abastecimento, o consumidor deve observar se o valor de litros e o total a pagar estão zerados no painel, conferir o valor do preço por litro e a existência do lacre do Inmetro na bomba medidora, além de acompanhar o trabalho do frentista em todo o procedimento.

"O motorista também precisa atentar para os postos que praticam preços muito baixos em relação à média do mercado. Há situações em que os revendedores não entregam a mesma quantidade de litros paga pelo consumidor. Não há vantagem financeira para o cliente. Se houver indícios de fraude, o consumidor deve acionar o Ipem", alerta Sette.

O diretor-geral do Ipem-MG, Fernando Sette, alerta que o documento fiscal é uma garantia caso o consumidor queira fazer uma reclamação junto ao posto ou aos órgãos de defesa do consumidor.

Ciente disso, a relações públicas, Simone Diniz, afirma que nunca sai do posto sem a nota fiscal. "Sempre fui rigorosa nessa questão e, depois que os preços dos combustíveis dispararam, passei a ser uma consumidora mais atenta e exigente", conta.

Para evitar riscos, Simone diz que adota algumas medidas de precaução. "Só abasteço em postos que têm bandeiras conhecidas. Confiro o valor divulgado com o que está na bomba e verifico se ela está zerada. Também observo os equipamentos, o uso de sinalização e a postura do frentista e do gerente do posto", ressalta.

A legislação metrológica vigente estabelece multa de R$ 100 a R$ 1,5 milhão caso se constate erro ou fraude na bomba do posto de combustível. "O valor varia conforme o porte da empresa e a reincidência do infrator", explica Fernando Sette.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Prefeitura de Lavras divulgou que denúncias nos finais de semana contra aglomerações devem ser feitas no 190 da PM Bombeiros capturaram cobra que invadiu uma casa em Lavras
   
Ufla poderá armazenar vacinas do Governo do Estado em seus Ultrafreezers Decreto da Prefeitura de Lavras prevê uso obrigatório de máscara também em vias públicas
   
PM de Lavras aborda homem que portava réplica de arma de fogo na cintura Prefeitura de Lavras publica decreto com menos restrições que a Onda Vermelha do Minas Consciente
   
CDL Lavras informa que medidas estão sendo tomadas pela entidade para tentar evitar o fechamento do comércio - veja vídeo Comerciantes de Lavras manifestaram contra aplicação da fase restritiva da Onda Vermelha
   
Rua de Luminárias com 9 faixas de pedestres virou meme nas redes sociais Covid-19: Associação Médica de Lavras manifesta através de nota oficial
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras