Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Diversos /


Publicada em: 28/10/2018 11:24 - Atualizada em: 28/10/2018 16:27
Pichadores foram presos em São João del-Rei depredando patrimônio histórico
Alunos do curso de teatro da UFSJ foram presos pichando patrimônio histórico de São João del-Rei

Estudantes do curso de teatro da Universidade Federal de São João del-Rei. Fotos: PMMG

 

.

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

No domingo, dia 21, a cidade histórica de São João del-Rei foi noticias em toda Minas Gerais devido a um ato de vandalismo que aconteceu naquela cidade, um rapaz de 21 anos quebrou uma escultura histórica em pedra-sabão, que fica no frontispício da igreja Nossa Senhora do Carmo.

Uma semana depois, a cidade volta às manchetes dos jornais mineiras, isso porque quatro estudantes do curso de Teatro, da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), picharam muros e diversos casarões históricos e tombados pelo patrimônio histórico da cidade.

A Polícia Militar chegou até os vândalos depois de uma denúncia anônima, às 2h30, eles haviam acabado de pichar o muro da estação ferroviária de onde parte a Maria-Fumaça turística para a cidade de Tiradentes. Eles estavam com latas de spray nas mãos, das mesmas cores das pichações, mesmo assim, negaram a autoria.

Eram três mulheres e um homem, todos estudantes do curso de teatro, um tem 22 anos, outro 20, e os outros dois 25 e 26 anos. Todos foram levados para a delegacia de polícia da cidade, porém, devido à lei eleitoral, eles não foram presos, mas foram enquadrados e poderão responder pelos crimes de pichação (Lei dos Crimes Ambientais e que estipula pena de detenção de 3 meses a 1 ano e multa), depredação do patrimônio histórico (pena de 6 meses a 3 anos e multa) e associação criminosa (artigo 288 do Código Penal que pune a associação de três ou mais pessoas para cometimento de crimes com pena de 1 ano a 3 anos de reclusão).

Nas paredes da igreja foram pichadas as seguintes frases: "sonhos podem se realizar" e "somos netas das bruxas". O templo é um dos mais antigos, ele data de 1734. Nos muros da estação ferroviária foram pichadas as inscrições: "Lésbicas Latinas Guerreiras Imortais".

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Nova decisão do TJMG autoriza a abertura dos supermercados de Lavras durante o lockdown
Prefeitura de Lavras adquiriu três unidades de equipamentos VNI, que evitam intubação
Presidente da CDL envia ofício à Prefeita de Lavras pedindo que flexibilize as medidas restritivas
Três estabelecimentos foram multados desrespeitando o decreto de lockdown em Lavras
Enfermeira é suspeita de falsa aplicação de vacina contra Covid em Campo Belo - veja vídeo
Motociclista sofre acidente no bairro Jardim Glória, em Lavras
Bombeiros capturaram cobra jiboia que entrou em uma residência de Lavras
Prefeitura de Lavras derruba mais três liminares referentes ao lockdown
Segundo dia de lockdown em Lavras: filas em bancos e denúncias de aumento de preços em supermercados
Prefeitura de Lavras está distribuindo cestas básicas para as famílias que precisarem por causa do lockdown
Conta de luz mais cara a partir desta terça-feira, dia primeiro
Supermercado Mart Minas de Lavras também tem pedido negado na Justiça
TJMG suspende também a decisão do Judiciário de Lavras que favorecia o supermercado BH
Tribunal de Justiça suspende a decisão do judiciário de Lavras e supermercado deverá permanecer fechado durante lockdown
Justiça acata pedido de um supermercado de Lavras e concede liminar para mantê-lo aberto durante lockdown

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras