Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Desenvolvimento /


Publicada em: 13/07/2018 17:06 - Atualizada em: 14/07/2018 12:29
Duas escolas públicas de Lavras ganharam prêmio internacional do 8º Fórum Mundial das Águas
As escolas são municipais, uma delas é na zona rural de Lavras

As diretoras das duas escolas envolvidas no projeto, o representante da Aliança Energia e os alunos que produziram, dirigiram e rodaram o filme. Foto: Divulgação

As diretoras das duas escolas envolvidas no projeto, o representante da Aliança
Energia e os alunos que produziram, dirigiram e rodaram o filme. Foto: Divulogação
As diretoras das duas escolas envolvidas no projeto, o representante da Aliança
Energia e os alunos que produziram, dirigiram e rodaram o filme. Foto: Divulogação

 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Alunos de duas escolas municipais, sendo uma delas na zona rural, se uniram no início do ano para produção de um curta-metragem para participar do Festival Voz do Cidadão, no 8º Fórum Mundial das Águas, organizado no Brasil pelo Conselho Mundial da Água, pelo Ministério do Meio Ambiente, representado pela Agência Nacional de Águas (ANA), e pelo governo do Distrito Federal. O fórum foi realizado em maio deste ano.

Os alunos que produziram o filme são das escolas Álvaro Botelho e Sebastião Vicente Ferreira, na Comunidade do Funil. O curta "Os Segredos do Rio Grande" foi produzido através do Programa de Educação Ambiental da Aliança Energia.

O curta-metragem concorreu a um prêmio de US$ 400 no Festival Voz dos Cidadãos, no 8º Fórum Mundial das Águas e venceu. O filme é narrado em português com legenda em inglês e chama a atenção para problemas ambientais, como o lixo jogado nas águas do rio Grande.

Este mês as duas escolas receberam seus respectivos prêmios: uma placa do 8º Fórum Mundial das Águas, um diploma de agradecimento da Aliança Energia e a premiação em dinheiro.

A direção da escola municipal Álvaro Botelho, que tem a frente a professora Liliene Costa Resende Ferreira, repassou a parte que coube a sua escola, os US$ 200, para a escola rural Sebastião Vicente Ferreira, na comunidade do Paiol, que tem como diretora a professora Maria das Dores Mendes Guerra. A iniciativa de passar o prêmio integral para a escola da comunidade rural foi tomada pela direção e os professores da escola municipal Álvaro Botelho.

Veja o filme:

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Ufla obtém resultados de excelência no Enade Agência da Copasa em Lavras voltou com o atendimento presencial, mas com restrições
   
Inaugurado na Ufla, o LabCovid, que realizará exames de diagnóstico da Covid - veja fotos Ufla, em parceria internacional, realiza pesquisa inédita sobre a reconstrução do clima da Amazônia
   
Vacinação contra sarampo para jovens e adultos em Lavras vai até o dia 30 Bombeiros de MG atenderam a 40 afogamentos nos 12 primeiros dias de outubro
.

Flashes de Notícias

.  

Blog Sabrina Cicareli:

Decoração da minha Kitnet Tudo de Bom no Os Mais Influentes Revista Elitte 2019
   
Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras