Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Homicídio /


Publicada em: 08/06/2018 10:05 - Atualizada em: 08/06/2018 11:46
Briga por ciúmes termina em morte em Ribeirão Vermelho
Mulher matou um homem com quatro golpes de canivete

Viatura da PM (Foto ilustrativa: Arquivo Jornal de Lavras)

 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A Polícia Militar da cidade de Ribeirão Vermelho foi acionada na primeira hora da madrugada de hoje, sexta-feira, dia 8, para comparecer a rua Nossa Senhora Aparecida, no estabelecimento Varandas Bar, onde havia ocorrido um esfaqueamento. Imediatamente os policiais se dirigiram para o local, onde constataram que a vítima já havia sido removida por uma ambulância da cidade e levada para o Hospital Municipal.

Testemunhas contaram aos militares que se encontrava no estabelecimento o pintor de paredes Sidnei Vicente de Paula, 40 anos, solteiro, quando chegou uma mulher conhecida como Vanessa e, em dado momento, deu início a uma discussão entre ambos, segundo testemunhas, por motivo de ciúmes. Durante a discussão, Vanessa disse que Sidnei era homossexual, momento que deu início uma briga entre ambos. Em dado momento a mulher sacou um canivete e esfaqueou a vítima.

Diante das informações, os militares se dirigiram para a casa de Vanessa. Ao chegar, perceberam ela encostada em um portão de uma casa próxima a sua residência com uma toalha de rosto estancando um sangramento na região nasal, momento em que ela recebeu voz de prisão.

Os militares questionaram a autora sobre a arma usada para esfaquear a vítima, ela disse que não se lembrava onde havia deixado. Os policiais deram início a uma varredura pela região onde ela estava e encontraram no muro da residência da autora, um canivete com lâmina de 10 centímetros, com resquícios de sangue. Os policiais se dirigiram para o Hospital Municipal levando a autora para ser atendida, quando foram informados que a vítima deu entrada naquela unidade de saúde já sem vida.

A autora prestou depoimento aos policiais e disse se chamar Vanessa Rodrigues Cunha Ferreira, de 36 anos. Ela contou que foi até o estabelecimento comercial fazer uso de bebidas alcoólicas, que estava sozinha e que em dado momento Sidnei aproximou e proferiu diversas ofensas a ela, vindo a agredi-la fisicamente, batendo com sua cabeça diversas vezes na parede, quando para se defender, sacou o canivete que ela trazia no bolso e golpeou a vítima.

A vítima sofreu quatro perfurações, sendo uma na perna direita, uma na região do ventre, uma na cabeça e outra no tórax. A perícia da 1ª Delegacia Regional de Policia Civil (Depol) de Lavras, compareceu ao local e realizou o trabalho de praxe, liberando o local. A autora foi trazida para Lavras.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras @eduardocicarelli @sabrinacicareli

.

Vídeos:

.

Leia também:

Senar: cursos gratuitos para os trabalhadores rurais do Sul de Minas - 22-10 a 28-10-2018 Comemoração do dia das crianças deste ano na Be Happy foi para os alunos da zona rural de Lavras
   
(Capaz de Perder) Um mês de projeto + receita de pizza saudável + dica de farinha de aveia Transporte coletivo de Lavras será reajustado nesta quarta-feira, dia 17
   
Festa de São Judas Tadeu no bairro Cohab, em Lavras Menor foi apreendido traficando em bairro de Lavras
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Caixa Postal: 98 - CEP: 37.200-000 - Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras