Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Homicídio /


Publicada em: 08/06/2018 10:05 - Atualizada em: 08/06/2018 11:46
Briga por ciúmes termina em morte em Ribeirão Vermelho
Mulher matou um homem com quatro golpes de canivete

Viatura da PM (Foto ilustrativa: Arquivo Jornal de Lavras)

 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A Polícia Militar da cidade de Ribeirão Vermelho foi acionada na primeira hora da madrugada de hoje, sexta-feira, dia 8, para comparecer a rua Nossa Senhora Aparecida, no estabelecimento Varandas Bar, onde havia ocorrido um esfaqueamento. Imediatamente os policiais se dirigiram para o local, onde constataram que a vítima já havia sido removida por uma ambulância da cidade e levada para o Hospital Municipal.

Testemunhas contaram aos militares que se encontrava no estabelecimento o pintor de paredes Sidnei Vicente de Paula, 40 anos, solteiro, quando chegou uma mulher conhecida como Vanessa e, em dado momento, deu início a uma discussão entre ambos, segundo testemunhas, por motivo de ciúmes. Durante a discussão, Vanessa disse que Sidnei era homossexual, momento que deu início uma briga entre ambos. Em dado momento a mulher sacou um canivete e esfaqueou a vítima.

Diante das informações, os militares se dirigiram para a casa de Vanessa. Ao chegar, perceberam ela encostada em um portão de uma casa próxima a sua residência com uma toalha de rosto estancando um sangramento na região nasal, momento em que ela recebeu voz de prisão.

Os militares questionaram a autora sobre a arma usada para esfaquear a vítima, ela disse que não se lembrava onde havia deixado. Os policiais deram início a uma varredura pela região onde ela estava e encontraram no muro da residência da autora, um canivete com lâmina de 10 centímetros, com resquícios de sangue. Os policiais se dirigiram para o Hospital Municipal levando a autora para ser atendida, quando foram informados que a vítima deu entrada naquela unidade de saúde já sem vida.

A autora prestou depoimento aos policiais e disse se chamar Vanessa Rodrigues Cunha Ferreira, de 36 anos. Ela contou que foi até o estabelecimento comercial fazer uso de bebidas alcoólicas, que estava sozinha e que em dado momento Sidnei aproximou e proferiu diversas ofensas a ela, vindo a agredi-la fisicamente, batendo com sua cabeça diversas vezes na parede, quando para se defender, sacou o canivete que ela trazia no bolso e golpeou a vítima.

A vítima sofreu quatro perfurações, sendo uma na perna direita, uma na região do ventre, uma na cabeça e outra no tórax. A perícia da 1ª Delegacia Regional de Policia Civil (Depol) de Lavras, compareceu ao local e realizou o trabalho de praxe, liberando o local. A autora foi trazida para Lavras.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras @eduardocicarelli @sabrinacicareli

.

Vídeos:

.

Leia também:

Taxista morre vítima de assalto em Três Corações, ele foi alvejado com um tiro na cabeça Núcleos de Cafeicultura da Ufla promovem concurso de qualidade do café
   
Vídeo de "O Brasil que eu quero", exibido no Jornal Nacional desta sexta-feira, foi de Ijaci Frente de prevenção de acidentes detectou outro ponto vulnerável em Lavras - veja fotos
   
Rally dos Sertões terá participação de piloto de Lavras PM Ambiental prende cinco criminosos reincidentes na região apreendendo pássaros
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Caixa Postal: 98 - CEP: 37.200-000 - Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras