Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Tecnologia /


Publicada em: 15/02/2018 08:18 - Atualizada em: 15/02/2018 11:54
Cemig dá dicas de como evitar acidentes com a rede elétrica ao reformar a casa
Em alguns casos, é necessária a instalação de barreiras protetoras para garantir o manuseio seguro de vergalhões, tábuas, canos e outros materiais

Foto ilustrativa: Cemig

 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A Cemig separou algumas dicas de segurança para que acidentes com a rede elétrica sejam evitados durante o trabalho de reparo em casa ou mesmo construção.

É indispensável que a localização da rede elétrica seja observada ao se iniciar uma obra. De acordo com o engenheiro de segurança Demétrio Aguiar, da Cemig, essa atenção deve ser redobrada quando se faz necessário corrigir a topografia do terreno, instalar andaimes e construir marquises ou sacadas. "É fundamental observar a localização da rede elétrica para que os serviços sejam realizados com segurança. Em alguns casos, é necessária a instalação de barreiras protetoras para garantir o manuseio seguro de vergalhões, tábuas, canos e outros materiais", explica.

Para evitar esse tipo de acidente com a rede elétrica, Demetrio alerta que apenas profissionais qualificados devem ser contratados para a execução das obras.

"Pedreiros, técnicos e pintores mais experientes já estão familiarizados com as regras de segurança, como manter distância segura da rede. Mas operadores e motoristas de retroescavadeiras, guindastes e caminhões também devem ter muito cuidado para que, ao içar materiais, não encostem nos fios energizados", afirma o engenheiro.

De acordo com o especialista, as obras que oferecem maior risco são aquelas realizadas na mesma altura da rede de média tensão, como a reforma de telhado e construção de segundo e terceiro pavimentos, por exemplo. "É preciso ter muito cuidado, porque, na rede de média tensão, não é preciso nem o contato para se machucar. A simples aproximação já pode causar choque de até 13.800 volts, o que provoca queimaduras graves e até mesmo a morte", alerta Demetrio.

Aqueles que utilizam cabos de rolo de pintura feitos de alumínio ou de outros materiais condutores de eletricidade também devem ser cautelosos. Mas o engenheiro da Cemig alerta que cabos de madeira também conduzem eletricidade ao tocar ou se aproximar da rede de alta tensão e expõem as pessoas ao mesmo risco de choque elétrico. "A utilização de equipamentos de proteção individuais e coletivos para impedir a queda de nível para trabalhos em altura também são indispensáveis. Boa parte dos acidentes com a rede elétrica são provocadas pela queda e não pelo choque em si, inclusive as fatalidades. Há relatos de trabalhadores que, ao se desequilibrarem de andaimes, tocaram na rede elétrica e foram eletrocutados", explica Demetrio.

O engenheiro da Cemig também explica que, em alguns casos, é necessária a instalação de barreiras protetoras para garantir o manuseio seguro de vergalhões, tábuas, canos e outros materiais, para impedir a aproximação deles com a rede elétrica. Além disso, como os pavimentos superiores das residências ficam mais próximos dos cabos de energia, deve-se evitar a manipulação de elementos que possam tocar ou se aproximar dos fios de energia.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Ufla obtém resultados de excelência no Enade Agência da Copasa em Lavras voltou com o atendimento presencial, mas com restrições
   
Inaugurado na Ufla, o LabCovid, que realizará exames de diagnóstico da Covid - veja fotos Ufla, em parceria internacional, realiza pesquisa inédita sobre a reconstrução do clima da Amazônia
   
Vacinação contra sarampo para jovens e adultos em Lavras vai até o dia 30 Bombeiros de MG atenderam a 40 afogamentos nos 12 primeiros dias de outubro
.

Flashes de Notícias

.  

Blog Sabrina Cicareli:

Decoração da minha Kitnet Tudo de Bom no Os Mais Influentes Revista Elitte 2019
   
Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras